A foto, de um fotógrafo da agência Reuters, foi tirada em Santiago. A rapariga protestaria contra a detenção de dois companheiros que foram detidos durante a manifestação que recordava os milhares de mortos e desaparecidos durante a ditadura militar de Augusto Pinochet.

Com milhares de visualizações, a imagem tornou-se viral e está a ser alvo quer de críticas quer de elogios nas redes sociais. Há quem elogie a coragem da jovem e quem condene a atitude aparentemente desrespeitosa a uma autoridade.