Como pode ser descrito o trabalho e acompanhamento junto das startups realizado pela StartUp Business Consulting (SBC)?

Desde o início da nossa atividade, a SBC tem procurado apoiar de forma atenta e constante os nossos clientes através de um serviço especializado na área da dinamização de negócio e obtenção de importantes ganhos de tração no mercado em que pretendem inserir-se ou no qual já estão inseridas. Trabalhamos caso a caso e lado a lado com o cliente, ouvimos as suas necessidades, analisamos o mercado e o percurso da startup, a força da equipa e a sua capacidade de superação de resultados. De seguida apresentamos um plano de ação, seja na vertente de captação de capital, de apoio estratégico na internacionalização, obtenção de parceiros de relevo, realização de plano de marketing e demais atividades inerentes às necessidades de cada cliente. O nosso trabalho não se esgota na realização de planos, aliás, diria mesmo que é nessa fase que ele começa, sendo importante estar presente nas várias fases de implementação dos ditos planos e apoiar a startup a obter as métricas de negócio que pretende.

SBCO que procuram especificamente? Qual o valor acrescentado que oferecem?

Sendo direto, e tendo em conta que somos uma empresa conhecida pelo elevado dinamismo e procura ativa de novos negócios, bem como a elevada adaptabilidade a novas realidades de negócios, estamos sempre atentos ao aparecimento de novas startups, procurando sempre aquele fator wow que as difere do que atualmente o mercado oferece. Seja na área do Turismo, Saúde, IT, plataformas online, produção artesanal, entre muitas outras, o nosso foco prende-se com startups que pretendem efetivamente tomar o próximo passo ou apoiar startups já com elevados ganhos de tração mas que ainda não conseguiram atingir determinadas métricas de negócio. Por vezes é apenas necessário aquele pequeno “empurrão” dado por uma entidade especializada na dinamização de negócio e angariação de capital.

A empresa detém uma bolsa ativa de investidores nacionais e internacionais. Podemos com isto afirmar que a falta de capital já não é entrave para as startups?

A SBC é possivelmente uma das consultoras em Portugal de média dimensão a possuir uma das maiores bolsas de investidores nacionais e internacionais. Embora seja verdade que neste momento a concorrência relevante se foca bastante em linhas comunitárias (o que considero algo perigoso), as mesmas não vão, infelizmente, durar para sempre nesta cadência! Concluímos que é na bolsa de investidores que conseguimos dar uma resposta mais direta, dinâmica, estruturada e abrangente às necessidades de capital. Um mesmo investidor poderá suprir todas as necessidades de uma startup, sendo que, por exemplo, nas linhas comunitárias a startup não conseguirá numa única candidatura satisfazer todos os seus objetivos. Também o apoio estratégico dado por um investidor é sem dúvida diferente, é o seu próprio dinheiro que está em jogo, logo, a entrega daquele à startup é atento e constante, independentemente da sua dimensão. Até mesmo capitais de risco que gerem vários milhões de euros estudam ao pormenor a entrada numa startup, até porque na maioria das vezes a fase é inicial, em que se tenta até apresentar provas de conceito e, portanto, o risco é maior.

Por outro lado, quais são os maiores obstáculos? De que forma se contornam?

São várias as fases numa startup, por vezes é necessário dar um passo atrás para ser possível avançar dois passos à frente, as provas de conceito, a falta de capital que por vezes existe na fase inicial, a necessidade de aceitação por parte do mercado, a busca de parceiros, enfim, praticamente todas as startups já passaram por pelo menos um destes obstáculos! A forma de contornar é testar, enfrentar, desafiar constantemente o seu projeto perante terceiros, sendo que a SBC encontra-se lado a lado do seu cliente por forma a dar o apoio especializado necessário à correta prossecução dos seus objetivos. 

Numa época de grandes mudanças e instabilidade económica vivida no tecido empresarial podemos dizer que a Consultoria de Negócios tornou-se uma área ainda mais criativa para assim garantir o sucesso dos clientes?

Sem dúvida! Falar neste momento em Consultoria de Negócios passa por campos mais vastos, especializados e ajustados às necessidades dos clientes. A atividade dinamizou-se e apoia neste momento o cliente em áreas complementares de relevo.

Em três palavras, que características não podem de todo faltar a uma startup?

Vontade, dinamismo e dedicação, sem dúvida!