“As start-ups fazem parte da visão de futuro da Siemens”

Siemens: Portugal usa WebSummit como plataforma de lançamento de nova estratégia para as start-ups.

601

A Siemens reforçou, durante o Web Summit, a sua estratégia para as áreas da inovação e relação com as start-ups, suportada pela next47, uma unidade de negócio independente criada com os objetivos de estimular ideias disruptivas e acelerar novas tecnologias. Além disso, e pela atividade de negócio da empresa, intrinsecamente ligada aos temas da digitalização, como a Indústria 4.0, a cybersegurança, as smart grids, ou as infraestruturas inteligentes, a Siemens usou o Web Summit como local privilegiado para fazer scouting de talentos nas áreas das TIs, para reforçar o crescimento dos centros de competência instalados em Portugal.

“A Siemens orgulha-se de ter sido um dos sponsors do Web Summit Lisbon 2016 e de ter contribuído ativamente para a divulgação dos temas associados às grandes tendências da digitalização em ambiente de inovação tecnológica e empreendedorismo internacional start-up”, afirma Pedro Pires de Miranda, CEO da Siemens Portugal.
As start-ups fazem parte da visão de futuro da Siemens, como forma de aceder a tecnologias inovadoras e de testar ideias para novos negócios, e nesse sentido, o contacto estreito com novos conceitos e negócios, levado a cabo durante os quatro dias do evento, foi extremamente proveitoso.
A Siemens esteve particularmente atenta a start-ups e ideias nas áreas abrangidas pelo next47 – eletrificação distribuída, inteligência artificial, connected (e-)mobility, block-chain applications, máquinas autónomas e eAircraft – tendo participado nalgumas reuniões e assistido a conferências e pitchs. A nível mundial, o next47 tem mil milhões de euros para investir nos próximos anos, destinados a fundar e apoiar start-ups precisamente nestas áreas.

Sobre a Siemens Portugal

A Siemens está em Portugal há 111 anos empregando atualmente, direta e indiretamente, cerca de 2.000 profissionais. A Siemens sedeou em Portugal vários centros de competência mundiais nas áreas da energia, infraestruturas, tecnologias de informação e serviços partilhados, que exportam soluções e serviços made in Portugal para toda a Europa, América e Ásia.

A Siemens AG é um grupo tecnológico global, que se destaca há mais de 165 anos pela excelência da sua engenharia, inovação, qualidade, confiabilidade e internacionalidade. A empresa está ativa em mais de 200 países, centrada principalmente nas áreas da eletrificação, automação e digitalização. Um dos maiores produtores do mundo de tecnologias voltadas para a utilização eficiente de recursos e para a eficiência energética, a Siemens ocupa o primeiro lugar na construção de turbinas eólicas offshore, sendo também um dos mais importantes fornecedores de turbinas a gás e a vapor para a produção de energia e de soluções para o transporte de energia. A Siemens é ainda pioneira em soluções para infraestruturas, bem como em soluções de automação e software para o sector industrial. Além disso, a empresa mantém a liderança no fornecimento de equipamentos médicos para diagnóstico por imagem, como tomógrafos computadorizados e ressonância magnética, bem como diagnóstico laboratorial e TI para a área clínica. No ano fiscal de 2015, findo a 30 de setembro de 2015, a Siemens gerou receitas de 75,6 mil milhões de euros e um resultado líquido de 7,4 mil milhões de euros. No final de setembro de 2015, a Siemens contava com cerca de 348.000 colaboradores em todo o mundo.