O inquérito, a quase 28 mil consumidores (800 portugueses) online de 32 países, entre os quais a Rússia, Israel, Estados Unidos, México ou Japão, revelou que 70% dos portugueses inquiridos fez, entre setembro do ano passado e outubro deste ano, compras pela internet e que apenas 30% não faz compras pela internet.

No outro lado do ranking, o Japão foi o país com menos compras internacionais, tendo a maioria (95%) dos compradores online realizado apenas compras domésticas, no próprio país.

O estudo revela ainda que a maioria (80%) das compras internacionais realizada em Portugal é feita através de um computador, sendo o smatphone usado em apenas 11% dessas compras e o ‘tablet’ cerca de 6%.

O objetivo do PayPal é aumentar a sua quota de mercado em 14% em 2017, para 2,3 mil milhões de euros , e em 11% em 2018 para quase três mil milhões de euros.

O PayPal, um sistema que permite a transferência de dinheiro usando um endereço de e-mail, conta atualmente com 192 milhões de contas em todo o mundo, das quais cerca de 500 mil em Portugal, segundo dados de junho do ano passado.