António Guterres toma hoje posse como secretário-geral da ONU

António Guterres vai iniciar o seu mandato de cinco anos em 1 de janeiro de 2017.

589

A cerimónia de tomada de posse de António Guterres como secretário-geral da ONU  acontece às 15h de Lisboa, na sede da ONU, em Nova Iorque, na sala da Assembleia Geral, perante representantes dos 193 estados-membros, e é antecedida por uma homenagem ao secretário-geral cessante, Ban Ki-moon, que fará o seu último discurso como secretário-geral perante o plenário. Ao final do dia, por volta das 18h locais e 23h em Lisboa, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, oferece uma receção para cerca de 800 pessoas na Sala de Jantar dos Delegados, também na sede da organização.

No discurso inaugural e depois de fazer o juramento sobre a Carta das Nações Unidas, o novo secretário-geral da ONU deverá traçar as linhas mestras do seu “programa de governo”, desde a resposta às crises globais até ao muito aguardado e muito adiado processo de reforma da pesada maquinaria institucional da organização de 71 anos.

Desde que foi aclamado pela Assembleia-geral da ONU em outubro, António Guterres já visitou as capitais e reuni-se com os líderes dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança.

Um dos primeiros atos de António Guterres depois de tomar posse deverá ser o anúncio da nomeação do vice-secretário-geral e do seu chefe de gabinete, com analistas a anteciparem que os dois lugares-chave serão ocupados por mulheres. Guterres já afirmou que as questões de igualdade de género no interior da ONU vão merecer atenção particular no seu mandato.

A ministra do Ambiente da Nigéria, Amina Mohammed, é tida como a principal candidata ao cargo de vice-secretário-geral.