Pequim em alerta vermelho devido a níveis de poluição

A poluição na China já alcançou níveis mundialmente preocupantes.

971
epa05059018 Visitors wearing protective masks against smog take a tour of Temple of Heaven Park in Beijing, China, 08 December 2015. City schools closed on 08 December as Beijing issued its first-ever smog red alert, advising residents to stay indoors and children not to go to school until 10 December lunchtime. The new alert issued by the city's emergency management headquarters represented the highest-level warning issued for the first time since a four-colour scale was introduced in 2013. EPA/ROLEX DELA PENA

A capital chinesa está em alerta vermelho por causa da poluição atmosférica. Pequim decretou o primeiro alerta vermelho, este ano, o que implica restrições no trânsito (os carros só podem circular em dias alternados, conforme o número da matrícula).

Infantários e escolas de ensino básico e médio são também aconselhados pelo Governo a suspender as aulas e as empresas a adotar “um horário de trabalho flexível”.

As fábricas e estaleiros mais poluentes reduzem ou interrompem a produção.

O manto de poluição deverá estender-se até Henan, província do centro do país, a cerca de setecentos quilómetros da capital, e até às províncias de Shanxi, no noroeste, e Shandong, no nordeste, segundo o ministério chinês da Proteção Ambiental.

A previsão aponta que os níveis mais altos de poluição se registem ao longo deste fim de semana.

O ministério prometeu ainda verificar se os governos locais adotam as medidas previstas para lidar com a poluição e punir as emissões ilegais das fábricas.