Aquando da criação da Abylos, e com 20 anos de experiência em consultoria, “percebemos que as consultoras existentes estavam muito centradas em dar resposta aos desafios do hoje e eram pouco estratégicas a preparar o futuro”, referem Rosa Silva e Márcia Queiroga. Por exemplo, as pessoas esperam uma experiência no trabalho comparável à experiência que têm enquanto Clientes na sua vida pessoal. Sabendo que apenas 12% dos colaboradores afirmam estar engaged é fundamental desenhar uma experiência colaborador alinhada com as novas preferências do consumidor. A Netflix conhece os seus interesses e faz boas recomendações. As redes sociais permitem-nos estar conectados com uma rede alargada.

Que insights a análise das tendências nos traz à gestão

A esperança média de vida das empresas passou de uma média de 67 para 15 anos de vida. Num contexto VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo) os novos players diferenciam-se pela sua capacidade de antecipar o futuro, promover transformação interna a um ritmo superior à mudança externa e reinventar as competências dos seus profissionais. “Agilidade, curiosidade, seguir tendências, criar conexões, construir redes e garantir um foco customer centric são competências criticas para o sucesso”, revelam as partners. Os líderes em particular têm desafios diferentes. “Antecipar a necessidade de mudança, criar visão de futuro, construir sentido de urgência e cultura de execução, garantir propósitos inspiradores, servir e desenvolver os outros mais do que os seus próprios interesses, revelar elevados padrões éticos, tomar decisões rápidas em ambientes de incerteza, integrar diversidade e conseguir dar e receber feedback em real time, são determinantes numa liderança de futuro”, referem Rosa Silva e Márcia Queiroga.

Com uma abordagem totalmente customizada

A Abylos desenvolve programas que permitem às empresas dar resposta às tendências, possibilitando o crescimento sustentado do negócio. “Mergulhamos no negócio do nosso Cliente e conhecemos muito bem a sua organização. Identificamos fatores diferenciadores, dominamos a oferta, analisamos as dificuldades e apoiamos no desenvolvimento do capital humano para incrementar a performance”, referem as partners. Por exemplo, repensar a experiência Cliente e garantir a performance, redefinir e criar mecanismos de desenvolvimento do líder 2050, preparar as equipas de vendas e a abordagem comercial para responder aos desafios do novo Cliente.

Com Clientes em setores muito distintos, nomeadamente, banca e seguros, grande distribuição, automóvel, farmacêutico, tecnológico, serviços e indústria os programas transformacionais em que se afirmam como especialistas são nas áreas de vendas, experiência Cliente, liderança e comunicação. “Os clientes são cada vez mais globais e desafiam-nos a sermos globais também”, pelo que a Abylos para além do mercado português, tem desenvolvido projetos em Espanha, Angola e Moçambique. Apesar de ser uma consultora que atua essencialmente in company realiza regularmente Trends Seminars com o objetivo de dar a conhecer às empresas as principais tendências. Já no próximo dia 17 de fevereiro vão realizar o Workshop 2017 HR Trends, onde serão abordados temas como a consumerization dos recursos humanos – experiência colaborador, data ownership, como a inteligência artificial está a mudar o trabalho, o ciclo da gestão da performance, a guerra das APPS – massificação da tecnologia para recrutamento, produtividade, engagement e colaboração, o fim do open space, entre outros temas.

Consultoria, formação, coaching e instrumentos de assessment

Atuando em quatro grandes áreas a Abylos tem a exclusividade de representação e certificação de instrumentos de avaliação como o MBTI®, o EQ-I® 2.0 (Inteligência Emocional), o ITP Liderança e o TMP (Team Management Profile), entre outros. O portfólio de instrumentos abrange diversas áreas do desenvolvimento pessoal, com maior destaque para a liderança, a carreira, a motivação e gestão de equipas, as relações interpessoais, a gestão de conflitos e a inteligência emocional. Já em março irão realizar a Certificação em MBTI®- Myres Briggs Type Indicator – o mais conhecido e confiável instrumento de assessment de personalidade. Anualmente são realizadas mais de 2 milhões de avaliações em todo o mundo: é utilizado em 89 das 100 empresas na Fortune para maximizar a eficácia individual e das equipas e pelas mais conceituadas universidades e escolas de negócios, para o desenvolvimento da carreira e coaching.

Neuroleadership Institute em Portugal

A Abylos assegura ainda a representação do NeuroLeadership Institute, organização que utiliza a investigação da neurociência para incrementar a performance de liderança. Estudos sobre o funcionamento do cérebro permitiram identificar estratégias para incrementar a performance da pessoa e perceber de que forma o cérebro está a dar resposta às alterações constantes a que estamos sujeitos. A sua aplicação na área do coaching tem-se revelado muito eficaz. “A nível de liderança, por exemplo, a forma como influenciamos, como comunicamos e como podemos alterar o comportamento dos outros podem ser estudadas e trabalhadas a partir do Neurocoaching”, avançam Rosa Silva e Márcia Queiroga. No próximo mês de abril irá decorrer em Portugal a primeira Certificação Brain-Based Coaching Certificate. O BBCC é um curso de 60 horas para quem deseja obter a certificação em Coaching – Results Coaching Systems®, acreditado pela International Coach Federation e pelo Neuroleadership Group.

Outro fator diferenciador é a confiança. “Temos de conhecer bem os nossos clientes porque o nosso trabalho é um trabalho de confiança. Temos clientes que nos acompanham há 20 anos pela relação de proximidade que criamos. É muito gratificante”, concluem as partners da Abylos.