15 ANOS DE LIDERANÇA NO FEMININO

Paula Tomás, Diretora da PTC (Paula Tomás Consultores), revela o seu lado de empresária. Apesar de o caminho para o sucesso não ter sido sempre fácil, desistir nunca foi uma opção válida.

589

A Paula Tomás Consultores dedica-se à gestão técnica de recursos humanos e engloba serviços ao nível da formação e da consultoria.

15 anos passaram desde que fundou a empresa e garante que “o balanço é francamente positivo. Embora tenhamos passado um período complicado.” A crise instaurou-se no tecido empresarial português o que levou as empresas a desinvestirem nas áreas da formação e consultoria.

“Por teimosia, continuei a manter a empresa, com custos e investimentos muito elevados”. Mas foi este o risco que quis correr. Hoje, olha para trás e diz “que ainda bem que o fiz”.

Em 2015, conta que a empresa começou novamente a crescer e que “2016 foi um ano positivo relativamente ao exemplo dos anos anteriores. Para 2017 estamos com excelentes perspetivas e com um arranque de ano que não tínhamos desde 2007/2008.”  “A Paula Tomás Consultores trabalha maioritariamente para grandes empresas, nacionais e multinacionais, pois são aquelas que mais investem nas pessoas. Hoje sentimos que muitas pequenas e médias empresas começam a investir no capital humano e isso é uma mudança interessante. Por outro lado, curiosamente, as grandes empresas ainda não estão a investir nas pessoas ao nível do que já aconteceu no passado”. Porquê? “Muitas das grandes empresas voltaram a investir, mas estão ainda muito cautelosas e procuram um retorno rápido do investimento. Ora, ao nível da formação e da consultoria o retorno não é imediato, uma vez que estamos a trabalhar na mudança do comportamento”. Curiosamente, as empresas que não tinham grande tradição de apostar na formação do seu capital humano, são hoje, aquelas que começam a olhar para a importância da gestão das competências, logo das pessoas, com mais interesse. Temos vindo a desenvolver, em diversas PME’s, projectos de estruturação organizacional, de gestão e avaliação do desempenho e de formação, o que não era habitual”. Segundo a diretora “as empresas consciencializaram a importância de investir nas pessoas como forma de gerir e reter o talento. Perceberam a importância de implementarem sistemas de desenvolvimento, avaliação e compensação que permitam a retenção das competências distintivas, quer ao nível técnico, quer ao nível da atitude e do comportamento”.

CONFERÊNCIA DOS 15 ANOS “GESTÃO DAS PESSOAS, O OLHAR DOS MEDIA”

De forma a celebrar os 15 anos da empresa, a PTC está a organizar, no dia 15 de Março, uma conferência com o tema “Gestão das pessoas, o olhar dos Media”. A ideia passa por dar voz a quem conhece o setor dos recursos humanos mas que, ao mesmo tempo, está fora dele.  “Há quatro revistas especializadas neste meio, convidamos os responsáveis editoriais destas revistas a partilhar, numa mesa redonda, as suas opiniões sobre a gestão das pessoas. Ter um olhar diferente, «de fora», sobre os RH é inovador e por isso interessante. Para além desta mesa redonda iremos ter como oradores os dois presidentes das associações representativas do sector: Mário Ceitil, presidente da APG representativa dos profissionais de recursos humanos e, por outro lado, Afonso Carvalho, presidente da APESPE-RH representativa das empresas do setor. O evento está aberto a todas as pessoas interessadas. “Os nossos clientes receberam convites personalizados, e publicitamos o evento ao público, com o valor de 25 euros de inscrição, que reverte para a instituição Liga dos amigos da Aldeia de Santa Isabel, com o compromisso de ser utilizado na escola profissional aí existente”.

A EQUIPA PTC

“Somos oito pessoas e o que há a dizer sobre eles é que: sem equipa não há Paula Tomás Consultores. Somos uma equipa que tem sido rejuvenescida ao longo dos anos. No entanto, temos colaboradores que estão connosco há cerca de 13 e dez anos e, alguns dos colaboradores que saíram da empresa, para abraçar outros projetos, são hoje nossos clientes, ou continuam a colaborar connosco como freelancer”. Caracteriza-se como “muito exigente na resposta ao cliente e esta é a marca da PTC: foco no cliente e nos resultados que este pretende obter. Pode haver algumas falhas, mas em tudo o que é necessário para corresponder às expectativas do cliente não podem existir falhas. Sou muito focada e penso que tenho uma equipa que, nesse aspecto, é como eu”.

LIDERANÇA NO FEMININO vs LIDERANÇA NO MASCULINO

Homens e mulheres são diferentes naturalmente, no entanto, quando se fala em liderar existem diferenças que fazem a diferença? “Nunca pensei muito nisso, mas à partida não penso que exista grande diferença. Fui liderada durante 17 anos por um homem que, na minha opinião, não tinha uma liderança no masculino, tal como ela é muitas vezes definida”, afirma convicta.

“Aquilo que pode constituir alguma diferença é que as mulheres, algumas mulheres, têm mais abertura para a comunicação, o que pode originar uma gestão mais participativa. A antropologia explica isso, os homens iam caçar em silêncio e as mulheres ficavam nas aldeias a tomar conta das crianças e trabalhar em conjunto. Quer-me parecer que as mulheres estão mais atentas a algumas das necessidades que os colaboradores possam ter, nomeadamente, questões familiares, uma vez que também passam pelas mesmas dificuldades. No meu caso, sempre gostei do trabalho no terreno, da proximidade com os clientes, isso exige muitas viagens, ausências de casa e ocupa-me grande parte do tempo.

Apesar disso, tenho conseguido, com alguma “ginástica”, gerir um casamento e a educação de dois filhos. Por outro lado, segundo as investigações apontam, as mulheres são mais “multitarefa” do que os homens, o que pode permitir uma maior atenção a alguns pormenores. Um aspeto curioso é que há algum tempo atrás, a maior parte dos consultores eram homens, pela necessidade de deslocações dentro e fora do país, hoje, a realidade mudou. As mulheres estão em maior número, talvez por esta facilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo e pela flexibilidade e adaptabilidade que isso nos permite”.