No ano passado, o FC Porto foi à Luz vencer o Benfica por 2-1, ainda José Peseiro estava no comando técnico dos dragões. Esta foi a última vitória de uma equipa em casa das águias para o campeonato.

“Foi uma bom triunfo, mas que no fundo soube a pouco, pois não conseguimos chegar aos objetivos propostos”, começou por dizer Peseiro, antes de falar sobre o ambiente vivido no estádio do rival.

“Jogar na Luz é visitar o inferno, o ambiente nos jogos grandes é tremendo, ninguém se consegue ouvir no relvado. 65 mil pessoas nas bancadas criam clima incrível, mas não é o ambiente que vence os jogos”, salientou o atual treinador do Al Sharjah, em declarações ao jornal A Bola.