O envelhecimento da pele resulta de um conjunto de fatores internos e externos, que vão desde à genética à exposição solar, passando pela alimentação ou o estilo de vida.

Como tendencialmente as tratamos menos bem do que o rosto e as deixamos mais expostas à radiação solar, as mãos tendem a denotar o envelhecimento de forma mais evidente e precoce do que a pele do rosto.

Felizmente nem tudo está perdido. Num artigo escrito para o blogue Letra de Médico, rubrica da revista Veja, o dermatologista Adilson Costa partilha algumas formas de prevenir e até tratar o envelhecimento do dorso das mãos.

O melhor que pode fazer para começar já a prevenir o envelhecimento precoce das mãos é aplicar-lhes protetor solar (com FPS a partir de 30) várias vezes ao dia e sempre depois de lavar as mãos.

À noite deve aplicar uma generosa camada de creme hidratante nas mãos, pode falar com o seu dermatologista para que lhe recomende a fórmula mais indicada para prevenir o envelhecimento da pele das mãos.

Quanto aos tratamentos, só o uso tópico de produtos noturnos com ácido retinol e ácido glicólico, prescritos por dermatologistas, já pode ajudar, mas há outros procedimentos médicos mais fortes se for necessário. Como: “peelings, lase, luz intensa pulsada, preenchimentos à base de ácido hialurónico e estimuladores de colagénio, como poli-láctico e hidroxiapatita de cálcio”, segundo destaca o especialista.

Claro que deve procurar a recomendação do seu dermatologista para decidir qual o tratamento a eleger.