O incêndio está a acontecer numa área florestal, perto da via. No local estão 74 bombeiros no combate ao incêndio. Estão acompanhados de 16 meios terrestres e por dois meios aéreos, segundo o site da Proteção Civil.

Nesta altura a frente do fogo afasta-se da autoestrada, embora em algumas zonas perto da via o fogo continue a lavrar com alguma intensidade.

A situação ainda pode levar algum tempo a ser resolvida e levará ainda mais tempo até que a circulação seja restabelecida.

As autoridades fizeram aberturas no rail central para que os condutores que seguiam para sul-norte, e que foram apanhados desprevenidos pelo corte da via, pudessem fazer inversão de marcha.

Como alternativa, a Brisa sugere que os automobilistas que se estiverem a deslocar no sentido sul-norte utilizem a A14, a A17 e a A29.

Já no sentido norte-sul, as alternativas são o IC2, o IP3, a A14 e a A17.