Informação de milhões de clientes da Uber em todo o mundo foi pirateada

O presidente executivo da Uber revelou hoje que os dados de 57 milhões de utilizadores em todo o mundo foram pirateados no final de 2016.

518

Entre os 57 milhões de utilizadores estão 600 mil motoristas, cujos nomes e número de carta de condução foram pirateados.

Os nomes dos utilizadores, bem como os respetivos endereços eletrónicos e números de telemóvel também foram obtidos pelos piratas, indicou Dara Khosrowshahi, em comunicado.

A falha de segurança aconteceu em 2016 e foi escondida pela empresa, que optou por pagar 100 mil dólares aos piratas informáticos para apagarem as informações.

LUSA