Ryanair confirma reconhecimento dos sindicatos de tripulação de cabines

A Ryanair vai iniciar um processo de reconhecimento dos sindicatos de tripulação de cabine, tal como pretende fazer com os pilotos, anunciou hoje a companhia aérea de baixo custo ('low cost').

401

“A Ryanair encontra-se num processo de reconhecimento de sindicatos, que se inicia esta semana com as reuniões com os sindicatos de pilotos irlandês, alemão e português”, lê-se na nota enviada pela companhia aérea.

De acordo com a mesma fonte, o processo irá continuar em 2018, “com sindicatos de pilotos de outros países vindo, no momento devido, a incluir também reuniões com sindicatos de tripulação de cabine”.

Recentemente, a companhia aérea irlandesa reconheceu, pela primeira vez, o Sindicato do Piloto da Aviação Civil (SPAC) como a organização representativa dos seus pilotos em Portugal.

“A Ryanair vai mudar a antiga política de não reconhecer os sindicatos para evitar ameaças de transtorno para os clientes durante a semana do Natal”, assinalou, na altura, o presidente da companhia aérea, Michael O’Leary.