Nível de Atividade na Reabilitação Urbana mantém tendência de crescimento

O Inquérito mensal à Reabilitação Urbana realizado pela AICCOPN aos empresários do setor da construção que atuam neste mercado, relativo ao mês de Novembro, revela que o índice que mede o Nível de Atividade manteve a tendência de crescimento registando um acréscimo de 4,3%, em termos homólogos.

985

Quanto à evolução do índice respeitante à Carteira de Encomendas observa-se, tal como no mês anterior um forte aumento, 40,7% em termos homólogos, o que deverá permitir às empresas terminar o ano de 2017 com boas perspetivas no segmento da reabilitação.

A produção contratada em meses, ou seja o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, fixou-se em 8,3 meses, o que traduz uma subida de 23% face ao observado no mesmo mês do ano anterior.

Imagem1

Os índices relativos ao Nível de Atividade e Carteira de Encomendas são calculados a partir do Saldo de Respostas Extremas ponderado. A Produção Contratada corresponde ao valor absoluto apurado, em meses.