Miguel Torga homenageado no Dia Mundial da Poesia

A Fundação INATEL vai homenagear o escritor Miguel Torga com a iniciativa "Poesia em Torga" que decorre entre quarta e quinta-feira, em Sabrosa e Vila Real, e vai juntar músicos, atores e estudantes.

443

A homenagem começa no Dia Mundial da Poesia e ocorre na terra natal do escritor, Sabrosa.

O INATEL explicou, em comunicado, que se propõe “celebrar a vida e obra de Miguel Torga” e que o objetivo da iniciativa é “descentralizar e diversificar o universo de poetas e escritores homenageados”.

Pretende-se ainda, segundo a instituição, contribuir para a divulgação do “património literário português, com expressão no texto poético”.

“Poesia em Torga” arranca com uma divulgação e animação de rua em Sabrosa e São Martinho de Anta, localidade onde o autor nasceu.

Para envolver o público infanto-juvenil no projeto, uma turma do Agrupamento de Escolas Miguel Torga vai participar na curta-metragem de animação “Brinquedo”, inspirada num poema de Torga, num projeto desenvolvido pelo realizador Abi Feijó, da Casa Museu de Vilar.

A tertúlia “Celebrar Torga”, que decorre quarta-feira, na Associação Zona Livre, em Vila Real, vai juntar Maria Hercília Agarez, João Luís Sequeira e Domingos Lopes numa conversa sobre a vida e obra daquele que é considerado um dos maiores escritores e poetas de Trás os Montes.

Na quinta-feira, realiza-se o espetáculo “Poesia em Torga”, no Auditório Municipal de Sabrosa, que vai juntar vários grupos culturais locais e nacionais através da poesia, teatro, música, dança e cinema, numa viagem com encenação a cargo de Luís Oliveira.

Será ainda lido o manifesto pela poesia “O vento das palavras” pela atriz Sara Barros Leitão, elaborado propositadamente para a iniciativa pelo escritor João Pinto Coelho.

Esta iniciativa enquadra-se no âmbito da missão cultural do INATEL, enquanto consultora da Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, e pretende “evocar a importância do património literário português”.

A fundação conta com a parceria das Câmaras de Sabrosa e Vila Real, o apoio institucional do município de Coimbra, da Direção Regional de Cultura do Norte, Turismo do Porto e Norte e a Associação Cultural Zona Livre.

Miguel Torga, cujo nome de batismo era Adolfo Correia da Rocha, nasceu a 12 de agosto de 1907 em São Martinho de Anta, concelho de Sabrosa (Vila Real), e morreu a 17 de janeiro de 1995, em Coimbra.

Torga inspirou-se na sua aldeia e nas paisagens do Douro para criar muitas das suas obras, desde os poemas, os contos ou os romances, como a “Criação do Mundo”, “Bichos”, “Contos da Montanha” e “Vindima”.

LUSA