“As Referências Multibanco são a melhor forma de pagamento à distância em Portugal”

“A nossa estratégia é continuar a liderar este mercado das entidades Multibanco partilhadas, com a continuidade da entrada de mais empresas clientes”, afirmam Filipe Moura e Nuno Breda, ambos Co-Founder e Co-CEO da IFTHENPAY, uma marca que ao longo de 12 anos tem vindo a promover um serviço de excelência e que é hoje um player de enorme prestígio no mercado em que atua, com o desiderato primordial de continuar a crescer.

1887

A IFTHENPAY atingiu no dia 5 de Abril de 2018, mil milhões de euros de volume de pagamentos acumulados. Que significa este número para a marca e de que forma é que a mesma tem vindo a promover um serviço de valia no mercado luso?

Filipe Moura (FM) Representa o bom trabalho da nossa equipa, nestes mais 12 anos, e de mais de 11 mil empresas aderentes que confiam em nós, às quais nós agradecemos muito. As Referências Multibanco são de facto a melhor forma de pagamento à distância em Portugal. No conceito de entidades partilhadas, somos líderes de mercado destacados. Com isto tornamo-nos a primeira FINTECH em Portugal a atingir este valor. Temos de agradecer à SIBS a tecnologia que disponibiliza, pois tudo assenta na marca Multibanco que tem mais de 30 anos. Mas, esta foi só a etapa dos primeiros mil milhões… O que queremos é continuar a crescer e que, em breve, possamos multiplicar este valor!

Que características diferenciam o IFTHENPAY no mercado?

FM A IFTHENPAY distingue-se por ser especializada em Soluções Multibanco, seja a Referência Multibanco, ou o MB WAY que iremos lançar brevemente. A nossa interação com a SIBS é muito elevada a todos os níveis. Por outro lado, sempre investimos nas integrações de software, seja os de faturação, seja as Lojas Online. Hoje, muitos destes softwares estão integrados com o nosso sistema, o que traz muitas vantagens para a empresa nossa cliente. Outro ponto que nos distingue é a simplicidade do preço. É só um e é baixo. Apenas 0,70€ + IVA por Referência paga. É simples. Sempre foi assim. Há clientes que até colocam o NIB e a Referência Multibanco na fatura. Só paga se for usada a Referência. E o nosso cliente fica sem qualquer compromisso, pois está sempre totalmente livre. Os nossos clientes gostam muito.

Quais são as principais vantagens do serviço de pagamentos por referências multibanco da IFTHENPAY para o universo dos negócios?

Nuno Breda (NB) Chamamos a isso o mercado B2B, ou seja, quando uma empresa está faturar a outra empresa. O benefício imediato é que a empresa cliente começa a receber as suas faturas mais cedo, com maior probabilidade de ser dentro do prazo de vencimento. A idoneidade da Referência Multibanco ajuda muito a isso, pois quem paga, sabe que aquele pagamento vai ser tratado de forma automática, e isso faz diminuir os atrasos.  Quanto às vantagens do processo, o software de gestão importa um ficheiro simples com as referências pagas, emitindo os recibos. Desta forma, este trabalho administrativo de reconciliação de recebimentos, que por vezes demora várias horas por dia, passa a fazer o mesmo em menos de um minuto. E a empresa fica a receber mais cedo.

No mercado de hoje, é fundamental promover, criar e oferecer soluções flexíveis que correspondam às necessidades e exigências dos clientes. Que vantagens oferece a vossa instituição de pagamento às empresas e particulares?

NB A nossa Instituição de Pagamento é supervisionada pelo Banco de Portugal, onde, como todos os bancos, temos de prestar informação regularmente. Para o cliente, funciona de forma muito simples. A pessoa pagadora, seja indivíduo ou empresa, faz o pagamento no dia D, o dinheiro chega até nós em D+1, nós transferimos para os nossos clientes em D+2. Sempre da mesma forma, para todos os clientes. Normalmente, esta é uma exigência do cliente, que satisfazemos sempre em pleno. A solução tem ainda a flexibilidade de ser em Real-Time, ou seja, quando o pagamento é feito, a informação chega a todos  os intervenientes em segundos. E o cliente pode ver isso na nossa APP gratuita, disponível para qualquer smartphone. Assim, por exemplo, no comércio eletrónico, a nossa empresa cliente pode de imediato enviar a mercadoria para o seu cliente final, com total segurança de recebimento.

A IFTHENPAY permite que qualquer programa ou site facilmente possa gerar referências Multibanco. A segurança é um dos pontos chave para a marca? Como perpetuam esse nível de segurança em prol dos vossos clientes?

FM Sim, o nosso sistema permite que qualquer software externo se integre. Muitos deles já estão integrados, mas aqueles que ainda não estiverem, podem vir a ficar sem qualquer custo. Está disponível no nosso website um manual técnico que permite a qualquer empresa informática fazer essa integração. A vantagem para essa empresa informática é que fica com um nível de fidelização dos seus clientes muito elevado, ou seja, a empresa cliente final vai querer ficar a usar por mais tempo esse software, pois está integrado com as Referências Multibanco, o que lhe aumenta a probabilidade do recebimento mais célere dos seus clientes. Quanto à segurança, ela é total, pois como costumamos dizer, a única coisa que se pode fazer com uma Referência Multibanco, é pagá-la. E o nosso cliente empresarial é notificado de imediato, e tem a certeza que o dinheiro lhe chegará brevemente.

Ainda neste tema, as burlas com pagamentos por referência multibanco têm vindo a aumentar. Este mercado ainda não é seguro? Que lacunas ainda faltam colmatar?

NB Não são bem as burlas com as Referências Multibanco. São as eventuais inexistências de entrega de bem, seja ele mercadoria ou serviço. Ou seja, uma empresa está a vender um bem. O seu cliente faz um pagamento por Referência Multibanco. A empresa, por qualquer motivo, não entrega o bem no prazo estipulado, e não devolve o dinheiro, tornando-se um problema para o cliente. Mas isto acontece igualmente, se o cliente pagar por NIB para a conta bancária da empresa fornecedora. É igual. A Referência Multibanco é 100% segura. O que pode falhar são as empresas que têm de entregar o bem nos prazos estipulados. Talvez deva haver maior regulação, apesar de serem esporádicos os casos que acontecem.

De facto, os portugueses estão muito familiarizados com este meio que utilizam diariamente para pagar todo o tipo de serviços e despesas. Mas estão suficientemente consciencializados para o seu devido uso?

NB Sim, creio que sim. O Multibanco existe há mais de 30 anos, e é marca de grande idoneidade. As pessoas confiam muito no sistema Multibanco. Hoje, a grande maior parte das pessoas jovens ou adultas, utiliza o sistema Multibanco com toda a segurança. O mesmo se aplica independentemente do nível de literacia financeira, quase todas as pessoas usam facilmente o Multibanco. É um ótimo sistema, onde a SIBS fez um trabalho extraordinário. E nos últimos anos, tem-se vindo a verificar um aumento significativo do canal Homebanking, seja de particulares ou de empresas, e hoje já representa a maior fatia.

O que podemos continuar a esperar da marca para 2018? Quais os principais desafios?

FM A nossa estratégia é continuar a liderar este mercado das entidades Multibanco partilhadas, com a continuidade da entrada de mais empresas clientes. No fundo, é continuar, pois já entram muitas novas empresas clientes por dia, pois já conhecem a nossa marca IFTHENPAY. Em 2017, movimentamos mais de 300 milhões de euros, que representou um crescimento de 45% anual, como pode ver no  nosso website www.ifthenpay.com , na secção Nossos Números, que são comprováveis no site do Banco de Portugal. Este primeiro trimestre de 2018 já vamos com um volume de pagamentos de mais de 95 milhões de euros. Acreditamos manter este ritmo até ao final do ano, ultrapassando este ano os 400 milhões de euros. E, como já dissemos, vamos lançar em breve outra solução Multibanco da SIBS, o MB WAY, que já está a ter grande adesão, especialmente para quem usa regularmente o smartphone no seu quotidiano. Igualmente, qualquer empresa pode aderir, sem qualquer custo inicial, onde pagará apenas por transação efetuada.