Esta é uma medida a longo prazo, tendo em conta os mais de 900 milhões de produtos já produzidos ou em produção, como aponta a Fashion Network, contudo, a mudança de estratégia está já definida.

A marca alemã responde assim à crescente procura por produtos mais ecológicos, aspeto a que a indústria da moda cada vez mais tem em consideração e que a Adidas prevê ser benéfico para o negócio não só a nível ambiental como económico.

A comprová-lo, aponte-se a coleção Parley, cujo material usado nas sapatilhas e roupa desportiva foi plástico reciclado dos oceanos. Até 2017, segundo o relatório anual deste ano, haviam sido vendidas mais de um milhão de pares a nível global, como lembra a publicação especializada em moda.