Maputo ‘abre portas’ a feira do livro anual com presença lusófona

A cidade de Maputo acolhe a partir desta quinta-feira a Feira do Livro anual, organizada pelo município, um evento que vai reunir poetas e escritores moçambicanos e de outros países lusófonos durante três dias.

191
© Lusa

iniciativa arranca com duas mesas redondas que vão discutir ‘Literatura em línguas portuguesas’ e a relação com os livros, sob o tema ‘O verdadeiro leitor tem que ser o autor ampliado’.

No evento participa a escritora portuguesa de livros infantis, Sílvia Alves, que vai lançar o livro ‘História de um chapéu’, com ilustrações de Luís Cardoso, numa sessão que acolherá um momento de dramatização do livro pelos alunos de uma escola primária moçambicana.

O segundo dia da feira inclui o lançamento do livro ‘Cicatrizes e uma alma reclusa’ de Ernestino Muate.

A iniciativa terá lugar no Jardim Tunduro, uma das principais zonas verdes da capital de Moçambique.

O Conselho Municipal de Maputo vai organizar ainda atividades para crianças, com oficinas de pintura e concursos de histórias infantis.

LUSA