De acordo com um porta-voz de Moon Jae-in, será durante a deslocação ao Vaticano que o presidente sul-coreano vai transmitir ao Papa Francisco o convite feito pelo seu vizinho do norte da Península da Coreia.

“O presidente Kim disse que vai ‘receber de forma fervorosa o Papa se ele visitar Pyongyang'”, anunciou o porta-voz de Moon Jae-in.

A confirmar-se a visita, a Yonhap adianta que Kim Jong-un vai pedir a bênção papal e o apoio de Francisco para que consiga a paz e a estabilidade entre Pyongyang e Seul. O líder norte-coreano também quer discutir futuras formas de cooperação entre o seu país e o Vaticano.