A paixão por produtos alimentares inovadores e pelas relações interpessoais, bem como a sua ambição, motivaram Ana Paula Teixeira a lançar-se neste projeto. No início, o ser jovem e mulher foi muitas vezes encarado como vulnerabilidade, quando chegava a hora de se afirmar como empresária. Porém, conta que manteve sempre presente que seria o seu profissionalismo, honestidade e humildade a falar por si. E assim foi. Diz que felizmente o mercado mudou e que as mentalidades, na maioria dos casos, também.

DHC Food Experience

Os produtos da DHC Food Experience têm em comum o fato de o frio positivo ser o seu principal meio de conservação. A empresa seleciona e coloca no mercado aqueles que considera serem os melhores produtos refrigerados nas respetivas categorias em que se posiciona.

Podemos encontrar no portefólio da empresa, produtos com mais de 20 marcas, entre elas Pasta do Dia, Soloitália, Martiko e Tulip.

Em 2013, já com16 anos de experiência no mercado, a oportunidade surgiu e a DHC lançou a sua marca própria PASTA DO DIA na categoria de Massas Frescas. A marca tem-se vindo a afirmar no mercado e a ganhar a confiança dos consumidores e já conta com dez referências. No próximo mês a décima primeira juntar-se-á à família.

Ana Paula fala-nos que para que a empresa hoje possa ter solidez e reconhecimento no mercado, foi preciso ter muito otimismo, confiança e resiliência para ultrapassar os obstáculos, que foram surgindo ao longo dos anos, nomeadamente no período da crise económica. Características que continua a ter e que considera fundamentais para continuar neste seu percurso.

As pessoas importam para a empresária. Considera que os colaboradores são o maior património de uma empresa. Que para haver sucesso é essencial ter, em simultâneo ambição e humildade: “Quem não é humilde não aprende e não evolui”, afirma. Gerir pessoas considera ter sido uma das suas funções mais difíceis de desempenhar, mas hoje Ana Paula garante não o ser mais devido à aprendizagem adquirida ao longo dos tempos e que agora se traduz em tranquilidade. “Sou mais seletiva e assertiva, tenho pessoas em que posso confiar e delegar embora continue a estar muito presente na área comercial por gostar do contato com clientes e fabricantes e por considerar esse contato direto muito importante”. Considera que recrutar novos elementos nem sempre é tarefa fácil. Devido à forte cultura organizacional assente em valores enraizados como humildade, honestidade, foco, produtividade e a máxima orientação para a satisfação cliente, a nossa entrevistada confessa que a sua maior dificuldade é encontrar pessoas que se adaptem a esta filosofia da qual nunca prescindirá e que ainda tenham as competências necessárias, como sejam, sentido de responsabilidade e autonomia, rigor, disciplina, proatividade, reatividade e elevados níveis de produtividade.

“Não vendo o que nunca compraria”

É sob esta máxima que a empresária faz negócios.

Para saber se um produto tem o nível de qualidade e garantia da qual não prescindem, começam por aceitar apenas parceiros produtores que sejam certificados ao mais alto nível, com Certificação Internacional IFS- International Featured Standards e/ou BRC – British Retail Consortium.

No processo de seleção de produtos, para além das tendências, são tidas ainda em conta visitas regulares às fábricas com quem trabalham, ou que podem vir a trabalhar, o acompanhamento constante de outros mercados e as visitas regulares às feiras Internacionais.

A DHC procura ser também uma solução para os clientes na Área da Alimentação Saudável, contando com diversos produtos transversalmente em todas as categorias em que se posiciona com os designados Free From (sem Gluten e sem Lactose), Lights (Baixo teor de sal, gordura, açucar), Vegetarianos, Vegan e Orgânicos (Bio), todos eles com tendência num forte crescimento.

Parceiros certos, fator determinante para o sucesso

Desde 1997 que a mudança acontece a toda a hora com todas as exigências naturais de um mercado muito dinâmico e em constante evolução. “Os nossos clientes nomeadamente da distribuição são muito profissionais, é um privilégio trabalhar com equipas tão bem preparadas, mas isso também acarreta os seus desafios e responsabilidades. Para se estar à altura, é fundamental trabalhar só com equipas e parceiros de excelência e ter os mais eficazes sistemas de informação. O nosso papel é gerar valor para os nossos clientes e consequentemente para o consumidor. Nos dias de hoje, não basta ter um bom produto, é determinante ser capaz de o colocar no mercado a um preço ao qual o mesmo está disposto a pagar. É indispensável ter uma estrutura otimizada e conseguir economias de escala em toda a cadeia para que o produto seja colocado no mercado a um preço competitivo”.

Já em 2019 a DHC promete lançar novos produtos, todos eles com a excelência pela qual se pauta e de acordo com aquilo que mais importa à sua fundadora: gerar satisfação ao consumidor através da qualidade, diferenciação e inovação.