Como podemos aprimorar o nosso vinho através da ciência? Sabemos que a diminuição do uso de agroquímicos permite melhorar a sua qualidade, mas será esta compatível com o controlo das principais doenças da vinha? E conseguimos tornar a viticultura sustentável?

Estas são algumas das questões discutidas na Tertúlia deste ano, e que refletem o trabalho produzido com o intuito de melhorar o processo de fabrico e qualidade do vinho. Vão ser postas à prova as soluções científicas, com a realização de uma prova de vinhos.

O evento conta com a participação de representantes da Herdade Esporão, que irão falar sobre a Quinta dos Murças – uma vinha no Douro do Esporão com práticas de produção biológica e proteção integrada que promovem o equilíbrio do ecossistema, onde o resultado da investigação desenvolvida pelo BioISI tem vindo a ser implementada.

A prova de vinhos biológicos da Quinta dos Murças vai acontecer no Bar do Edifício C6 e a organização convida todos a saborear as descobertas apresentadas.