A Bienal Internacional de Flauta Transversal acontece de 6 a 9 de dezembro, em Cabeceiras de Basto. É uma das principais atividades do ‘Mosteiro de Emoções’ e tem como Comissária a flautista internacional Adriana Ferreira.  Flautista e orientadora das Masters Classes, Adriana Ferreira, natural de Cabeceiras de Basto, é uma das mais destacadas da sua geração a nível internacional, o que lhe valeu as mais altas distinções em alguns dos mais importantes concursos internacionais de flauta transversal, bem como o lugar de solista na Orquestra Nacional de França e na Orquestra Filarmónica de Roterdão. Neste momento integra a orquestra da Academia Nacional de Santa Cecília de Roma.

Nos dias 7 e 8 de dezembro decorrem as Master Classes nas instalações da Academia de Música de Cabeceiras de Basto. No dia 8, ao final da tarde, haverá um Ensemble com todos os participantes (professores e executantes). Os professores responsáveis pela orientação são os flautistas Adriana Ferreira (Orquestra da Academia Nacional de Santa Cecília de Roma), Ana Maria Ribeiro (Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música) e Michel Bellavence (Escola Superior de Genebra).