Cepsa e Masdar centram a sua colaboração nas energias renováveis em Portugal e Espanha

A Cepsa e a Masdar, a Companhia Energética de Futuro de Abu Dhabi, fortalecem a sua colaboração em energias renováveis mediante a assinatura de um acordo de cooperação, realizado hoje, em Abu Dhabi, durante a celebração da Abu Dhabi Sustainability Week, um dos encontros mais importantes sobre sustentabilidade a nível mundial, que se celebra durante estes dias na capital dos Emirados Árabes.

411

Após a assinatura do memorando de entendimento (MOU pelas suas siglas em inglês) em 2017, este novo acordo estabelece as linhas de atuação para o crescimento do portfólio das renováveis de ambas as companhias. O foco principal irá centrar-se nas tecnologias eólica e solar fotovoltaica, em Portugal e Espanha, onde a Cepsa está interessada em desenvolver uma capacidade entre 500 e 600 MW nos próximos cinco anos.

A colaboração baseia-se na experiência energética de ambas as companhias, propriedade de Mubadala Investment Company, e reflete o seu esforço para aproveitar as sinergias do portfólio diversificado de negócios da Mubadala para acelerar o desenvolvimento das energias renováveis nos mercados internacionais.

Durante a cerimónia de assinatura, Pedro Miró, CEO da Cepsa, assinalou: “após a fase inicial de análise das oportunidades de acesso ao mercado em diferentes zonas geográficas, concordámos que a região Ibérica seja o foco inicial da nossa estratégia de crescimento conjunto. Este passo permitirá combinar sinergias e experiências num dos principais mercados de energias renováveis do mundo.”

Por sua parte, Mohammed Jameel Al Ramahi, CEO da Masdar, indicou: “a Masdar tem uma vasta presença e um crescente portfólio de projetos de energia renovável na Europa. Estamos muito satisfeitos em ver como a nossa colaboração com a Cepsa se desenvolve e esperamos partilhar a nossa experiência e trajetória no desenvolvimento de projetos para explorar novas oportunidades comerciais na Península Ibérica, tanto em energia solar como eólica.” 

Este acordo reforça o modelo diversificado de energia e a estratégia de longo prazo da Cepsa, e está alinhado com as previsões da companhia, conforme descrito no seu relatório Cepsa Energy Outlook 2030. Em 2017, a companhia adquiriu os direitos para desenvolver o seu primeiro parque eólico em Jerez de la Frontera (Cádiz). A companhia levou a cabo as fases de desenvolvimento e construção do projeto, com o objetivo de entrar em funcionamento no primeiro trimestre de 2019.

A Masdar é líder mundial em energia solar e eólica com presença em mais de 25 países.  A capacidade de geração de eletricidade dos seus projetos, que estão em pleno funcionamento ou em desenvolvimento, é de cerca de 4 gigawatts (GW) brutos.

Sobre a Cepsa

A Cepsa é uma Companhia Energética Global, que opera de modo integrado em todas fases da cadeia de valor dos hidrocarbonetos, para além de fabricar produtos a partir de matérias-primas de origem vegetal e de estar presente no setor das energias renováveis. A Mubdala Investment Company, um dos maiores fundos soberanos do mundo é o seu único acionista.

Tem mais de 85 anos de experiência e uma equipa de cerca de 10.000 profissionais com grande excelência técnica e capacidade de adaptação. Está presente em todos os cinco continentes através das suas áreas de negócio de Exploração e Produção, Refinação, Petroquímica, Marketing, Gás e Eletricidade e Trading.

Sobre a Masdar

Masdar é uma empresa de energias renováveis de Abu Dhabi, dedicada a promover o desenvolvimento, a comercialização e investigação de tecnologias e soluções de energia limpa. A empresa funciona como um elo entre a economia atual baseada em combustíveis fósseis e a economia de energia do futuro. É detida a 100% pela Mubadala Investment Company, o fundo de investimento estratégico do Governo de Abu Dhabi. Masdar dedica-se à visão de longo prazo dos Emirados Árabes Unidos para o futuro da energia e da água.

Em Espanha, a empresa está presente desde 2008 e fornece eletricidade para mais de 107.000 lares, graças às suas instalações na província de Cádiz (Valle 1 e Valle 2) e Sevilha, onde tem a Gemasolar, a primeira central termo solar à escala comercial no mundo capaz de fornecer energia 24 horas por dia, uma inovação tecnológica que abriu o caminho para uma nova e mais eficiente tecnologia.