ITSector aposta nos alunos de tecnologia do IPB

A ITSector, tecnológica especialista no desenvolvimento de software para o setor financeiro, e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) assinaram esta tarde, no Brigantia EcoPark, um protocolo de colaboração que prevê a integração de alunos dos cursos da área tecnológica do IPB no Centro de Tecnologias Avançadas (CETAN) da ITSector em Bragança.

184
COLABORADORES ITSECTOR NO CETAN DE BRAGANÇA

Assinado na presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, Manuel Heitor, este protocolo estabelece que os alunos das áreas de especialização de Computação e de Tecnologias de Informação, bem como os alunos nas áreas específicas do Centro de Investigação em Digitalização e Robótica Inteligente do IPB, vão poder ser integrados no CETAN da ITSector em Bragança, no âmbito de programas de estágios e projetos de fim de curso, tendo em vista a sua formação em contexto de trabalho.

“Os alunos do IPB terão a oportunidade de experienciar os contextos específicos da nossa atividade em Bragança, que assenta no desenvolvimento de sistemas críticos na área financeira, sendo que é nosso objetivo prepará-los a nível profissional para uma futura integração nos quadros da ITSector em Bragança”, adianta Maria Inês Domingues, Diretora de RH da ITSector.

O protocolo celebrado entre o IPB e a ITSector prevê ainda o intercâmbio de especialistas entre as partes, mediante a colaboração de quadros da ITSector em atividades de docência de disciplinas específicas naquela instituição de ensino superior, através da realização de workshops e de seminários intensivos de curta duração ou de docência regular.

A cooperação entre o IPB e a tecnológica com sede no Porto inclui também o compromisso de ambas as partes desenvolverem esforços no sentido de identificar áreas de formação e desenhar ou adaptar planos curriculares em conformidade.

Recorde-se que, no passado mês de dezembro, a ITSector anunciou estar em processo de recrutamento, com o objetivo de aumentar o número de colaboradores do CETAN de Bragança, onde vai triplicar as instalações que ocupa no Brigantia EcoPark, pretendendo atingir um total de 80 colaboradores até final de 2019.

Devido à escassez de recursos humanos disponíveis na área de TI em Portugal, fenómeno que se amplia nas regiões interiores do país, a empresa pretende dar oportunidades a locais que queiram desenvolver a sua carreira na área tecnológica ou que pretendam regressar à sua terra natal, indicando estar à procura de vários perfis, desde analistas funcionais, a programadores, gestores de projeto e testers.

Fundada no Porto, em 2005, e com Centros de Tecnologias Avançadas instalados em Lisboa, Braga, Aveiro e Bragança, a ITSector dispõe ainda de escritórios na Polónia, Alemanha, Angola, Moçambique e no Quénia.