Outra Voz : Há 8 anos de portas abertas à comunidade

Seis grupos de ensaios, seis laboratórios de criação, seis diferentes freguesias do concelho. É este o ritmo habitual da Outra Voz que está de volta ao trabalho depois da curta pausa de inverno. Nestes dias há textos, cantigas, lengalengas, histórias e experiências a ocuparem os participantes da Outra Voz na pesquisa sobre uma nova temática, a apresentar publicamente em junho de 2019.

374

Parte dos pressupostos de criação da Outra Voz assentam em processos colaborativos nos quais, a partir de uma temática, encontram-se cruzamentos expressivos entre profissionais e não-profissionais. Exercícios estes que serão apresentados de uma forma distribuída e culminarão num objeto artístico único, que será apresentado em finais de junho.

As conversas e propostas rodam em torno dessa ânsia criativa, ocorrem semanalmente em horário pós-laboral, com ensaios conduzidos em seis diferentes locais: Academia de Bailado de Guimarães, ADCL de S. Torcato, Casa do Povo de Briteiros, Juntas de Freguesia de Lordelo, Nespereira e Pevidém. Envolvem cerca de uma centena de participantes.

A Outra Voz é um grupo com portas permanentemente abertas à participação de todos. Estima-se que já tenham passado acima de três centenas de cidadãos vimaranenses e de concelhos vizinhos por este espaço que conta com uma atividade regular que se materializa em apresentações em diversos locais de referência do território nacional, como são exemplo, a Culturgest, o Centro Cultural de Belém ou mais recentemente, o Convento de S. Francisco em Coimbra e o Centro Internacional das Artes José de Guimarães, a convite da artista plástica Ann Hamilton.

HORÁRIOS DOS ENSAIOS:

Terças:

19:30

-Briteiros | Casa do Povo

21:00

-S. Torcato | ADCL

Quartas:

19:00

-Pevidém | Junta de Freguesia

21:15

-Cidade | Academia de Bailado de Guimarães

Quintas:

20:00

-Nespereira | Junta de Freguesia

21:30

-Lordelo | Junta de Freguesia