O novo serviço será operado por um Boeing 777 da Emirates. Os voos para Phnom Penh partirão diariamente do Aeroporto Internacional do Dubai (DXB), enquanto EK370, às 08:45hrs, hora local, e chegarão a Banguecoque, às 18:15hrs. O mesmo voo partirá de Banguecoque às 20:00hrs, chegando ao Aeroporto Internacional de Phnom Penh às 21:25hrs. No regresso, o voo EK371 partirá de Phnom Penh às 23:20hrs e chegará a Banguecoque às 00:40hrs do dia seguinte. Depois disso, partirá para o Dubai às 02:25hrs e aterrará às 05:35hrs. Todos os horários são locais.

A Emirates opera no Camboja com os seus voos para Phnom Penh desde julho de 2017, tendo já transportado mais de 100.000 passageiros na rota até o momento. Como a maior e mais desenvolvida cidade do Camboja, Phnom Penh contribui significativamente para o crescimento económico do país e continua a testemunhar um aumento significativo nas chegadas de turistas estrangeiros. As ligações comerciais entre os Emirados Árabes Unidos, o Camboja e a Tailândia também serão apoiadas com serviços de carga diários da Emirates na mesma rota.

“Estamos muito contentes por melhorar os nossos serviços para estes destinos tão populares do Sudeste Asiático, bem como por oferecer mais opções para os viajantes no Camboja e na Tailândia. Os passageiros não só terão ligação direta através do nosso voo diário, como também terão acesso a uma série de rotas nacionais e regionais dos dois países, através dos parceiros de voos em codeshare da Emirates: Bangkok Airways, Jetstar Pacific e Jetstar Asia”, disse Adnan Kazim, Vice-Presidente Sénior do Departamento de Planeamento Estratégico, Otimização de Receitas e Assuntos Aeropolíticos da Emirates.

“A Emirates está orgulhosa por manter esta ligação dos Emirados Árabes Unidos ao Camboja, já desde 2017, e estamos ansiosos para construir o sucesso desta rota com a nossa nova rota através de Banguecoque. O serviço proporcionará aos viajantes do Camboja acesso mais simples ao Dubai e à vasta rede global de destinos da Emirates, além de que proporciona mais opções e maior flexibilidade aos turistas e cidadãos que vivem no exterior, quando decidem viajar para o Camboja, incluindo os da Tailândia. O nosso objetivo é conseguir dar resposta à procura dos passageiros, além de lhes proporcionar benefícios a nível económico, através de ligações aéreas que suportam o turismo e o transporte de carga”, continuou Kazim.

Phnom Penh é o centro da economia do Camboja e continua a testemunhar um boom económico com taxas de crescimento de dois dígitos nos últimos anos. Parte deste crescimento deve-se aos novos desenvolvimentos para apoiar a indústria do turismo, incluindo hotéis, restaurantes e outros estabelecimentos relacionados à hospitalidade, que têm surgido por toda a cidade. Com uma população de 1,5 milhão de habitantes, a cidade recebeu mais de 1,4 milhão de turistas de todo o mundo no Aeroporto Internacional de Phnom Penh em 2017, um aumento de 21% em relação ao ano anterior. Esta cidade é um destino essencial para a indústria do turismo do país, tendo recebido 25% dos 5,6 milhões de chegadas internacionais de turistas ao Camboja, em 2017. No mesmo ano, mais de 2,1 milhões de turistas visitaram o Camboja, vindos de países do sudeste asiático, entre os quais a Tailândia.

A Emirates SkyCargo iniciou as suas operações no Camboja em abril de 2016 e transportou mais de 5 mil toneladas de carga nos últimos dois anos. As principais exportações do Camboja incluem roupa e calçado. As exportações cambojanas têm registado um crescimento de dois dígitos de ano para ano e a Emirates está comprometida em apoiar esse crescimento no comércio através dos seus serviços de transporte aéreo e produtos de carga aérea.

A Emirates, em cooperação com os seus parceiros regionais de codeshare, Bangkok Airways, Jetstar Asia e Jetstar Pacific, oferecerá aos passageiros maior conectividade e capacidade para construir itinerários de viagem que incluam outros destinos nacionais no Camboja, Tailândia e outros países do Sudeste Asiático. O serviço diário entre o Dubai e Phnom Penh, via Banguecoque, também complementará os cinco serviços diários diretos da Emirates entre o Dubai e Banguecoque. Além disso, de Banguecoque, os viajantes podem ainda voar diretamente para Hong Kong, através da Emirates. Além da capital tailandesa, a Emirates também opera, no inverno, 14 voos semanais entre Phuket e o Dubai (no verão, sete voos semanais).