Fundada em 1998 por Vasco Wellenkamp e Graça Barroso, a CPBC já estreou mais de cinquenta obras, atuou por todo o mundo com coreógrafos, bailarinos, criadores e intérpretes de várias áreas artísticas. Com um repertório centrado no bailado contemporâneo e um grupo de bailarinos de grande qualidade técnica e artística, a CPBC tem contribuído para a projeção da dança portuguesa no panorama nacional e internacional.

Espectáculos já agendados a partir de Abril

Já está marcado o primeiro espectáculo da CPBC, com estreia agendada para dia 10 de abril, no Teatro Camões, em Lisboa. Dividido em três partes e coreografado por Vasco Wellenkamp e Miguel Ramalho, o espectáculo – “Na Substância do Tempo” – incluirá uma homenagem a Sophia de Mello Breyner, a propósito das comemorações do seu centenário. Além da estreia, estão agendados espectáculos nos dias 11, 12 e 13 de Abril, no mesmo local. Estão também confirmados espectáculos no Forum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, a 31 de Maio, e na abertura do Festival Algures a Nordeste, no Teatro Municipal de Bragança no dia 7 de Setembro. Para além destas exibições estão também em agenda outras localidades e salas no país, que oportunamente serão divulgadas.

Teresa Brantuas, CEO da Allianz Portugal, refere: “A Allianz tem o prazer de participar na comemoração do centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen.

Escolhemos a Dança porque honra o sentimento da palavra através da emoção no movimento, tornando visível o eco dos poemas de Sophia.

A parceria com a CPBC aparece como a oportunidade da Allianz honrar a Dança em Portugal, os bailarinos excelentes que temos e artistas do nível extraordinário de Vasco Wellemkamp.

Unindo valores, vontade e emoção pretendemos criar proximidade e proporcionar experiências que perdurem.”

Para José Francisco Duarte Neves, Membro do Comité de Direção e Director de Market Management da Allianz Portugal, “Estar com a cultura e poder ser parceiro da Companhia Portuguesa de Bailado é um momento de enorme importância para a Allianz Portugal e para a sua estratégia de estar onde os portugueses estão.”

Vasco Wellenkamp, Diretor da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, aponta: “A Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo agradece reconhecida o apoio que a Companhia de Seguros Allianz decidiu atribuir-lhe. Marginalizada nos últimos anos da sua actividade artística vive, agora, graças à decisão da Allianz, ao propor-nos uma parceria para o próximo triénio, uma nova fase, um período de renascimento e entusiasmo. Mas, se esse apoio moral e financeiro é vital para a nossa sobrevivência, a confiança que ele representa nas nossas capacidades profissionais tem um valor para nós inestimável: devolve-nos alento, entusiasmo e alegria, forças absolutamente necessárias à criação artística. Sophia de Mello Breyner Andresen disse um dia: «A beleza não é um luxo para estetas, não é um ornamento da vida, um efeito estéril, um capricho. A beleza é uma necessidade, um princípio de educação e de alegria». O espectáculo que estrearemos no Teatro Camões, a 10 de Abril próximo, em sua homenagem, é o início dessa parceria que tem como objectivo sensibilizar os cidadãos à luz desses princípios. Na CPBC, sentimo-nos honrados e agradecidos à Allianz por nos ter eleito para cumprir esse seu tão importante e generoso desiderato.”

Além do seu repertório coreográfico, a CPBC adquiriu um acervo técnico e uma experiência que lhe permitem uma agilidade e capacidade de adaptação face às diferentes infraestruturas existentes na maioria dos teatros, garantindo assim um ritmo regular de digressões num quadro de efetiva descentralização cultural.

A Allianz Portugal mantém uma estratégia de apoio a eventos desportivos e culturais diversificados e marcantes para a sociedade portuguesa. Há mais de cinco anos que é o principal parceiro do festival de cinema Indie Lisboa by Allianz e, mais recentemente, do Indie Júnior Allianz. Apoia também o Coro Infantil da Casa da Música, no Porto. Esta nova parceria com  a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, entidade com uma área de actuação distinta das que já fazem parte do seu percurso e com uma forte presença na Cultura Nacional, concretiza o reforço da presença da Allianz na Cultura, com mais um passo decisivo para a aproximação aos interesses dos seus Clientes e da sociedade em geral.