Quase metade dos portugueses melhoraram a sua financeira nos últimos cinco anos

Os consumidores a nível global estão a demonstrar um sentimento de otimismo relativamente ao seu bem-estar financeiro, sobretudo no que aos mercados em desenvolvimento diz respeito, nomeadamente nas regiões da Ásia-Pacifico, África, Médio Oriente e América Latina, de acordo com um estudo global realizado pela Nielsen.

629

O estudo Nielsen “Changing Consumer Prosperity”, que analisa o comportamento dos consumidores relativamente à sua situação financeira e a sua disponibilidade para o consumo, concluiu que relativamente aos consumidores portugueses, 45% consideram que a sua situação financeira melhorou nos últimos anos, registando um aumento de 12 pontos percentuais versus 2016. Quando comparado com os parceiros europeus, os consumidores portugueses sentem mais a melhoria da sua situação, visto que a média europeia se situa nos 37%, com um aumento de 3 pontos percentuais versus 2016.

“Em 2013, o panorama era realmente negativo em Portugal, tendo os consumidores registado índices mínimos no que refere ao Índice de Confiança elaborado pela Nielsen. Nesta altura, os portugueses foram classificados como um dos povos mais pessimistas do mundo. Tendo em conta este cenário, o facto de se terem registado melhorias constantes na situação económica do país levou claramente a um maior sentimento de alívio e sensação de melhoria relativamente a outros países”, explica Ana Paula Barbosa, Retailer Vertical Director da Nielsen.