“Com este último investimento na nossa infraestrutura, ampliamos ainda mais as capacidades da nossa rede europeia e global, permitindo um crescimento contínuo suportado por uma plataforma de qualidade. Os clientes dos nossos setores tradicionais, bem como os clientes de e-commerce, tanto do setor privado como empresarial que estão a orientar os seus próprios planos de crescimento B2B através do comércio eletrónico, serão beneficiados por este investimento. Com este novo hub em Madrid, conseguimos conectar comerciantes e consumidores em todo o mundo com maior velocidade e eficiência”, refere John Pearson, CEO da DHL Express.

O novo hub de 32 mil m2 tem um total de 176 cais de carga, permitindo 160 voltas de distribuição, além de 10 voos diários realizados por aviões da DHL e 30 voos comerciais diários, chegando assim a 20 destinos internacionais, principalmente na América Latina. Equipada com a mais moderna tecnologia de logística, a nova instalação conseguirá processar 24,5 mil peças por hora, incluindo encomendas e envelopes.

Miguel Borrás, Diretor Geral da DHL Express Ibéria explica que “estamos a investir em infraestruturas de modo a aumentar a eficiência e melhorar a nossa capacidade de entrega. Este investimento permitir-nos-á oferecer um serviço ainda melhor aos nossos clientes. O novo hub é um elo de ligação importante entre a Europa e os países da América Latina. Graças a este investimento, poderemos conectar empresas de todos os setores e consumidores privados, além de permitir que beneficiem do crescimento mundial do comércio eletrónico”.

De acordo com o Programa GoGreen da DHL, o novo hub irá ajudar a reduzir a pegada de carbono da empresa graças ao uso de tecnologia de triagem moderna e mais eficiente, ao melhor isolamento do edifício e a sistemas de energia mais eficientes para gerir o consumo de eletricidade, água e sistemas de refrigeração. O investimento no hub confirma o compromisso a longo prazo da DHL Express com o crescimento e é uma resposta às necessidades dinâmicas de um mercado global em crescimento.

A DHL Express expandiu recentemente a sua frota aérea e, só no último ano, adquiriu 14 aviões de carga Boeing 777 e cinco Airbus A330, o que resulta numa frota aérea própria de mais de 260 aviões.