Ciclaveiro apresentou proposta para colmatar as falhas do projeto para Avenida Dr. Lourenço Peixinho

No seguimento dos planos divulgados publicamente para a requalificação da Avenida Dr. Lourenço Peixinho, e da contestação gerada na comunidade em torno deste assunto, a Associação Ciclaveiro apresentou ao Município de Aveiro um comparativo entre o plano apresentado pela autarquia e um “Perfil Tipo” elaborado pela própria associação que visa colmatar as falhas mais evidentes.

361

No documento que está disponível publicamente no seu site, a associação acusa o projecto da autarquia de evidenciar um benefício claro à circulação automóvel em detrimento dos modos suaves, subvertendo os princípios básicos da hierarquia de planeamento destas infraestruturas em meio urbano. Para além disso incorpora uma solução perigosa para os utilizadores de bicicleta, e simultâneamente desvantajosa para os transportes públicos, mantendo ainda as condições para o estacionamento ilegal em 2ª fila.

Segundo a associação, que se apoiou várias orientações técnicas nacionais e internacionais e nas boas práticas comprovadas, esta proposta de “Perfil Tipo” para a Avenida Dr. Lourenço Peixinho visa evitar que se desperdicem dinheiros públicos com opções desajustadas do estado da arte do design de infra-estruturas.

1- Perfil proposto pela autarquia

  • Obriga a constantes atravessamentos da faixa BUS por parte dos automobilistas
  • Condiciona a fluidez aos transportes públicos
  • Desencoraja a utilização da bicicleta devido à pressão dos autocarros.
  • Obriga a circulação de bicicletas na zona de abertura de portas dos automóveis estacionados.

2 – Perfil proposto pela Associação Ciclaveiro

  • Passeios com, pelo menos, 4m de largura.
  • Ciclovia em sítio próprio, bem delimitada e imediatamente a seguir ao passeio.
  • Faixa BUS exclusiva para aumentar a fluidez e competitividade dos transportes públicos.
  • Circulação automóvel em via contígua ao estacionamento (evita atravessamentos de faixa BUS).
  • Estacionamento à esquerda da faixa de rodagem (desincentiva estacionamento ilegal em segunda fila).

Este perfil tem por base uma distribuição equilibrada do espaço, garantindo as mesmas condições de segurança e fruição a todos os modos de transporte, mas facilitando ao modos suaves de mobilidade o acesso aos espaços (comerciais/serviços/habitação).

Primeiro o espaço é atribuído às pessoas, depois às bicicletas, depois transportes públicos, depois a circulação automóvel e por fim ao estacionamento automóvel.