O estudo “A Benchmark of Key Audit Matters”, desenvolvido pela Mazars, analisou os resultados da aplicação da norma ISA 701 e a sua influência sobre os relatórios realizados pelos profissionais de auditoria. A norma desenhada pela International Federation of Accountants (IFAC) define um novo formato de relatório de auditoria, aplicável a entidades cotadas, que permite ao auditor expor de forma mais eficaz, o racional do trabalho desenvolvido. A comunicação das matérias consideradas mais relevantes pelo auditor possibilita um melhor entendimento da avaliação realizada, proporciona informações adicionais aos destinatários das demonstrações financeiras e auxilia a Gestão na organização.

Para Luís Gaspar, Managing Partner da Mazars em Portugal, “o papel do auditor incorpora necessariamente a proteção do interesse público. Este é um princípio-chave da profissão que passa pela transparência e informação. É parte integrante das responsabilidades dos profissionais de auditoria conseguir explicar os conceitos associados à sua prática e tecer considerações. Acreditamos que a partilha dos resultados deste estudo demonstra o caráter de transparência da atuação da Mazars e o nosso compromisso para com este desafio, contribuindo para a criação e partilha de conhecimento e uma melhor compreensão sobre os processos entre os stakeholders e a comunidade diretamente envolvida neste contexto”.