Coreografado por Vasco Wellenkamp e Miguel Ramalho, “Na Substância do Tempo”, o espetáculo divide-se em três partes – “Em Redor da Suspensão”, “Outono” e “Requiem” – escritas por Wellenkamp, inspirado na poesia de Sophia. A primeira parte é acompanhada de música de Sergei Rachmaninoff, a segunda dançada ao som da 5.ª Sinfonia de Mahler e a última é acompanhada da “Sinfonia de Requiem”, de Benjamin Britten.

A CPBC foi cofundada por Vasco Wellenkamp e Graça Barros, em 1998, e já estreou mais de 80 obras. Pensada como uma Companhia de Repertório original, na linha técnica e estética do Ballet Gulbenkian, a CPBC tornou-se um lugar onde coreógrafos, bailarinos, criadores e intérpretes de outras áreas artísticas puderam pesquisar, desenvolver e amadurecer as suas linguagens.

O regresso da CPBC aos palcos surge de uma parceria de três anos estabelecida com a seguradora Allianz, que permitiu à companhia continuar a apostar numa programação cultural regular.

Os bilhetes para o espetáculo no Fórum Municipal Luísa Todi vão desde os 7€, para balcão, e os 9€, na plateia. Mais informações disponíveis em https://bit.ly/2Mnja4y.