Na ocasião o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras afirmou que esta era também uma forma de dar início à Quinzena do Ambiente, iniciativa com que esta entidade comemora o Dia Mundial do Ambiente, tendo frisado a importância do Concelho de Torres Vedras contar com um importante ativo como é a sua bela zona costeira, a qual se pretende valorizar.

Carlos Bernardes referiu também nesta conferência que o prémio de melhor concessionário de praia do Concelho de Torres Vedras em 2018 foi atribuído ao concessionário da Praia da Física, tendo nesse concurso obtido os 2.º e 3.º lugares os concessionários da Praia de Santa Cruz-Centro (Búzio e Medusa, respetivamente). Também distinguidas, mas pelo Programa Bandeira Azul, foram as praias de Santa Rita-Norte, Santa Helena, Mirante e Navio, por terem obtido o referido galardão ao longo de 10 anos consecutivos. Outro aspeto referido nesta conferência de imprensa foi a transferência de competências no domínio da gestão de praias marítimas para as autarquias, tendo sido revelado que a Câmara Municipal de Torres Vedras já efetuou vários procedimentos nesse âmbito (principalmente a análise e licenciamento de operadores de surf, de eventos desportivos e recreativos, de sessões fotográficas, de frentes de praia, de operadores marítimo-turísticos, entre outros).

Também como novidade, foi anunciado que nas praias de Santa Cruz-Centro e da Física está a ser implementado o normativo internacional ISO 13009:2015, pelo que estas serão as primeiras em Portugal a ser distinguidas pelo mesmo. Esta certificação decorre de uma candidatura financiada pelo ecoMar, a qual pretende contribuir para a segurança nas praias e sustentabilidade nas mesmas, numa perspetiva de monitorização e melhoria contínua.

Também relativamente à próxima época balnear, Carlos Bernardes anunciou que terão continuidade os projetos de monitorização da qualidade microbiológica das areias (nas praias de Santa Rita-Norte, Santa Cruz-Centro, Navio e Azul) e da qualidade das águas interiores nas fozes dos rios Alcabrichel e Sizandro, para além da monitorização da qualidade das águas de banhos.

No que se refere a ações na área da inclusividade, o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras referiu a continuação do projeto “Coloradd” (projeto pioneiro em Portugal que pretende auxiliar os daltónicos a identificar as cores devidamente), bem como a colocação de pavimento tátil nos acessos à entrada acessível das nove praias do Concelho de Torres Vedras que têm hasteado o galardão do projeto “Praia Acessivel, Praia para Todos!”, com a particularidade de ser de cor verde (pensado para os ambliopes).

No dia 15 de junho terá início a época balnear no Concelho de Torres Vedras, com a cerimónia de inauguração das obras de reconversão da orla costeira da Praia Azul. Carlos Bernardes revelou ainda a este propósito que a intervenção na zona costeira do Concelho de Torres Vedras prosseguirá para sul, com a execução de ações no âmbito do Plano de Pormenor da Foz do Sizandro, a melhoria do porto de pesca da Assenta, a requalificação do antigo posto da guarda fiscal da Assenta, entre outros projetos. Por outro lado ainda, a publicação do novo Programa de Ordenamento da Orla Costeira Alcobaça-Cabo Espichel permitirá a atribuição de novas concessões de praia.

Nesta conferência de imprensa esteve também presente o capitão do Porto de Peniche, Toledo Cristo, que salientou a transferência de algumas das competências da entidade que dirige para as câmaras municipais da região, o que permite à mesma focar-se ainda mais na questão da segurança das vidas humanas.

Já o comandante do Destacamento Territorial de Torres Vedras da Guarda Nacional Republicana, Paulo Póvoa, revelou que de 10 de junho a 30 de setembro será levado a cabo na zona de Santa Cruz o programa “Turismo Seguro”, o qual, numa primeira fase, consistirá em ações de sensibilização, a que se seguirá o patrulhamento, o que inclui também a vigilância noturna de forma a se evitar desacatos e a fiscalizar o cumprimento dos respetivos horários pelos estabelecimentos de diversão noturna.

Presentes nesta conferência de imprensa estiveram também presidentes de juntas de freguesia do litoral do Concelho de Torres Vedras. Enquanto o presidente da Junta da Freguesia da Silveira, Luís Pedro Silva, realçou a importância que terá o futuro passadiço que ligará a Praia Azul à Praia da Foz do Sizandro, Nuno Cosme, presidente da Junta da Freguesia da União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira, convidou a experimentar o acesso pedonal que está a ser construído entre a Maceira e Porto Novo.

Por fim, usou da palavra o comandante da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, Fernando Barão, que revelou que em cada época balnear registam-se 400 a 500 ocorrências na zona costeira do Concelho de Torres Vedras, tendo realçado a iniciativa pioneira da Câmara Municipal de Torres Vedras de utilizar praticantes de parapente para vigiar as praias torrienses.