default

Mais de 950 colaboradores da Zome participaram, na semana passada, num conjunto de ações de solidariedade social e preservação do meio ambiente, de norte a sul do País. Nas primeiras foram utilizados 1400 litros de tinta para reabilitação urbana nos concelhos de Oeiras, Cascais e Porto. Das segundas resultou a recolha de duas toneladas de lixo e detritos vários na Praia do Forte, na Figueira da Foz, e num afluente do Rio Este, em Braga. Esta foi a primeira iniciativa Zome for Life, movimento solidário que pretende mobilizar toda a energia da comunidade Zome em prol da sociedade e do planeta.

Em Braga, cerca de 160 colaboradores Zome limparam um afluente do Rio Este e recolheram duas toneladas e meia de lixo e detritos vários, do leito e das margens. Na Figueira da Foz, 100 consultores da Zome, dos hubs de Leiria e Coimbra, limparam a praia do Forte, na Figueira da Foz, recolhendo do areal cerca de meia tonelada de lixo.

No Porto, as equipas do hub de Damião de Góis e do CEC requalificaram espaços da Associação “ASAS” de Ramalde, e em Vila Nova de Famalicão ocorreu uma ação semelhante na Associação “Dar as Mãos”. No total, foram aproximadamente 400 pares de mãos a limparem e pintarem o interior e exterior das instituições.

Por fim, mais a sul, 270 colaboradores dos Hubs de Abóboda, Cascais e Lisboa (Restelo) contribuíram para a requalificação e renovação do Jardim de Infância de São Marçal, do Jardim de Infância de Alcabideche e da habitação de uma família carenciada na Abóboda, todas concelho de Cascais.

“A Zome For Life consiste num conjunto de ações de carácter social destinadas às

comunidades onde temos espaços abertos. É uma forma de agradecermos tudo o que nos têm oferecido e darmos o exemplo para a necessidade premente de preservarmos o meio ambiente e sermos socialmente conscientes e responsáveis, ajudando quem mais precisa, sempre que possível”, afirma Patrícia Santos, CEO da Zome.