Como tirar o máximo de proveito dos maiores ativos: os middle managers

Os middle managers podem, por vezes, ponderar que o valor que oferecem à empresa é pouco reconhecido. No entanto os especialistas em recrutamento da Hays afirmam que eles podem ser o maior recurso de uma organização - desde que a empresa os incentive a ter conversas honestas sobre o desenvolvimento de carreira, tenham oportunidades de desenvolver as suas aptidões e que sejam incentivados pelos senior managers para implementarem mudanças.

226

“Como vínculo entre a liderança sénior e a equipa operacional, o middle management é muitas vezes a chave para o sucesso de uma empresa”, Mário Gonçalves, Head of Hays Response. “Eles incorporam a cultura de uma organização, fazem a mudança acontecer, são responsáveis pela entrega de resultados e são essenciais para a retenção dos colaboradores. No entanto, a subvalorização do middle management é muito comum em algumas empresas.”

Esta é uma opinião apoiada pela Dra. Zara Whysall, Head of Research da Kiddy & Partners, especialista em gestão de talentos. No último Hays Journal, afirma: “Durante anos, os middle managers foram negligenciados quando se trata de temas como a gestão de talentos, estando numa posição de não terem o controlo máximo entre os ‘principais talentos’ e ‘estrelas em ascensão’”

Whysall acredita que todo o conceito de middle management precisa de um novo rebrand, para uma posição que seja reconhecida como uma aptidão. Mário Gonçalves, Head of Hays Response acrescenta “A função precisa de ser valorizada, pelo que é necessário criar uma cultura sólida alicerçada nos valores das organizações, apostar no crescimento e desenvolvimento através de planos de carreira dos middle managers definido objetivos claros, quantificáveis e atingíveis.”