ANI organiza workshop sobre financiamento e coesão em Bruxelas

Sessão decorre em Bruxelas, durante a Semana Europeia das Regiões e Cidade.

188

Analisar a forma como os instrumentos financeiros podem contribuir para a coesão territorial é o objetivo da sessão organizada pela ANI, em parceria Programa de Cooperação ESPON 2020, no âmbito da Semana Europeia das Regiões e Cidades, que decorre de 7 a 10 de outubro em Bruxelas, na Bélgica.

A sessão “The role of financial instruments in the regional ecosystem and territorial cohesion” vai ter lugar no dia 10 de outubro, às 11h30, tendo como oradores Alexandre Almeida (ANI), Inga Beiliuniene (INVEGA), Jonathan Denness (European Commission DG Regional and Urban Policy), Fiona Wishlade (Universidade de Strathclyde).

Este workshop, em que a ANI participa enquanto líder do projeto inter-regional “Financial Instruments for Innovation” (Innova-FI), vai incidir sobre a forma como os instrumentos financeiros dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento podem contribuir para a coesão territorial, incluindo questões de governança, capacidade e de valor agregado.

Na sessão vão ser também apresentadas diferentes experiências regionais na implementação de instrumentos financeiros. Os estudos de caso sobre Portugal e Lituânia – decorrentes do projeto “Innova-FI” – serão usados para fornecer exemplos concretos e bem-sucedidos na superação de disparidades regionais e redução de falhas de mercado.

A discussão em torno deste tema torna-se ainda mais relevante no contexto das propostas de políticas para 2021-27, que preveem um papel de destaque para as instituições financeiras da política de coesão e uma remodelação significativa dos instrumentos financeiros a nível da EU. O Projeto Innova-FI, liderado pela ANI, enquadra-se no tópico SME competitiveness do programa Interreg Europe e tem como principal objetivo melhorar a conceção e a implementação dos Instrumentos Financeiros de suporte à inovação.

Estes instrumentos financeiros, onde se incluem Garantias, Business Angels, Capital de Risco, Crowdfunding e Crowdlending, constituem uma forma de mobilizar apoio público e privado para que PMEs inovadoras possam ultrapassar eventuais dificuldades financeiras iniciais, atingindo um crescimento sustentável.

A Semana Europeia das Regiões e Cidades deverá envolver cerca de seis mil pessoas e decorre este ano sob o lema “Regiões e Cidades: Pilares do Futuro da EU”. A 17ª edição da iniciativa conta com mais de 300 sessões, incluindo workshops, laboratórios participativos, debates, sessões de perguntas e respostas, exposições e degustações, entre outras atividades.