Doutor Finanças com livro infantil para promover hábitos de poupança nas crianças

O Doutor Finanças lançou no dia 31 de outubro, Dia Mundial da Poupança e dia em que se celebrou também o 5º aniversário da empresa portuguesa especializada em finanças pessoais e familiares, o livro Doutor Finanças e a Bata Mágica.

476

Esta obra especialmente desenvolvida para um público maioritariamente infantil, trata-se de um livro didático, que tem como objetivo promover a literacia financeira nos mais jovens. O método de poupança em que o livro se baseia assenta em três conceitos chave: Gastar, poupar, ajudar – são as palavras de ordem para esta missão.

“O Doutor Finanças nasceu para ajudar os portugueses a gerirem melhor a sua saúde financeira. Uma das grandes componentes da nossa ação encontra-se intimamente ligada à disponibilização de informação e ferramentas que oferecemos gratuitamente a todos, para que possam gerira melhor as suas finanças pessoais. Acreditamos que a literacia financeira deverá entrar nas nossas vidas o mais cedo possível, pois isso vai ajudar-nos seguramente a tomar melhores opções no futuro. Este livro, cuja ideia de conceção surgiu o ano passado, é um exemplo concreto da nossa vontade de fazer chegar estas ideias a um público cada vez mais jovem e desta forma criar o bichinho da poupança desde cedo nas nossas vidas”, comenta Rui Bairrada, CEO do Doutor Finanças.

Doutor Finanças e a Bata Mágica foi desenvolvido inteiramente a nível interno, pela empresa, desde a conceção da história até à ilustração, passando pela paginação e opções de produção do mesmo.

Com textos de Adriana Cabrita e ilustrações de Rita Duque, o livro encontra-se inteiramente desenvolvido para crianças dos 6 aos 10 anos. Integrados na história, existem exercícios práticos mais orientados para crianças dos 6 aos 8 anos com um caráter mais visual e simbólico. As crianças mais velhas terão na leitura da história um desafio adicional que lhes permite um envolvimento total com esta aventura. No final do livro existe ainda a possibilidade de montar 3 mealheiros que vão permitir pôr em prática as ideias de poupança abordadas ao longo da história.

Paralelamente, o livro foi criado tendo por base uma forte componente de responsabilidade social.  “O nosso objetivo é que o livro chegue ao máximo de pessoas e crianças possível. Contudo, não o vemos como uma fonte de rendimento ou um produto. O livro tem para nós uma dimensão totalmente solidária”, acrescenta o responsável.

Desta forma, o valor das receitas do livro reverterá a favor de ações de responsabilidade social que possam ajudar a mudar a vida das crianças mais carenciadas, quer seja no apoio a instituições que atuem ao nível da educação, ao nível da saúde ou até mesmo no acolhimento e proteção de crianças.

Para estas ações de Responsabilidade social, o Doutor Finanças pretende envolver os colaboradores da empresa “no apoio direto a uma instituição específica, por exemplo. Podemos eventualmente comprar materiais de construção e ajudar a recuperar um centro de estudos, envolvendo “as nossas pessoas” em trabalhos de recuperação. Podemos também, por exemplo, ter uma equipa de “Doutores” que vá contar esta história a crianças hospitalizadas, ou então utilizar a receita do livro para adquirir o equipamento necessário para um serviço específico num hospital. Mais do que estarmos a doar dinheiro a instituições, pretendemos envolver-nos diretamente e transformar a receita em valor acrescentado para as crianças”, conclui Rui Bairrada.

O objetivo da empresa especialista em finanças pessoais e familiares é desenvolver estas ações solidárias ao longo do ano.

O livro está disponivel, podendo ser adquirido por 9,99€ (PVP) em centenas de pontos de venda a nível nacional, nomeadamente nas Lojas Pingo Doce com zona de livraria, em todos postos CTT com espaço de promoção e ainda no site Wook.pt.

Para mais informações, visite www.doutorfinancas.pt