“A TERRAGES ESTÁ EMPENHADA EM TORNAR A INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA MAIS PRECISA, MAIS COMPLETA E MAIS DINÂMICA”

“O crescimento dos SIG na última década é na realidade notável e vem ao encontro de uma necessidade de sabermos, com elevada precisão e de uma forma atualizada, “onde estão as coisas”. A Revista Pontos de Vista conversou com Pedro Fernandes, Administrador da TerraGes, Novas Tecnologias para a Gestão Agro-Florestal e Ambiente, Lda, que nos deu a conhecer um pouco mais do percurso da marca, que estará presente neste mês, como expositora, na primeira edição do evento “És SIG”, promovido pela APPSIG.

282

Com 14 anos de atividade, a TerraGes é uma empresa especializada no fornecimento das mais modernas ferramentas e tecnologias de apoio à gestão de recursos naturais. Assim, de que forma analisa a vossa presença no mercado e a vossa contribuição para um setor mais profissionalizado e de excelência?

A TerraGes tem de facto uma forte presença no mercado de equipamentos profissionais GNSS para SIG Móvel.

Somos representantes exclusivos do portfolio SIG da Spectra GeoSpatial, empresa do Grupo Trimble, e que é reconhecida mundialmente como o fabricante N.º1 de equipamentos GPS Profissionais de Alta Precisão.

Desde 2005 – ano da fundação da empresa – temos vindo a crescer sustentadamente não só graças ao desenvolvimento de novos equipamentos e soluções por parte da Spectra Geospatial, mas também à noção muito clara de que temos de apresentar aos nossos clientes soluções que resolvam os problemas e os desafios que estes enfrentam no seu trabalho diário.

Desta forma não nos limitamos apenas a “vender” equipamentos, mas sim a fornecer uma solução integrada e adaptada consoante as necessidades dos nossos clientes.

O crescimento dos SIG na última década é na realidade notável e vem ao encontro de uma necessidade de sabermos, com elevada precisão e de uma forma atualizada, “onde estão as coisas”.

De que forma é que a TerraGes cria novas soluções para uma melhor e mais eficiente gestão agroflorestal?

Conforme referimos anteriormente a TerraGes tenta adaptar as nossas soluções em termos de hardware, precisão e software, às necessidades dos clientes. Desenvolvemos formulários de trabalho adaptados por exemplo ao cadastro de redes de águas e saneamento, ao cadastro florestal e das ZIFs, à verificação física de projetos de investimento, assim como para muitas outras temáticas.

O fornecimento dos nossos equipamentos já com estas adaptações torna o trabalho dos utilizadores e clientes mais simples, rápido e intuitivo.

Adicionalmente possuímos vários vídeo-tutoriais disponíveis na internet – Youtube – que servem para dar suporte aos nossos clientes e elucidar os futuros utilizadores de como funcionam as nossas soluções em termos de software e hardware.

Assumem que todos os vossos recursos são naturalmente inovadores. De que tipo de recursos é que estamos a falar e em que sentido é que se tornam inovadores para os vossos clientes?

Os recursos que referimos serem naturalmente inovadores são na realidade as nossas soluções – equipamentos e software. São inovadores pois trazem para as mãos dos utilizadores das nossas soluções, as tecnologias para recentes para SIG Móvel. A TerraGes foi a primeira empresa – e provavelmente ainda é a única – a fornecer equipamentos GPS de alta precisão em Sistema Operativo Android, algo que alterou de muitas formas o modo de trabalhar em SIG Móvel.

Este facto coloca-nos num patamar distintivo em relação a todas as outras soluções que existem no mercado.

Têm como compromisso de estar em contato permanente com os vossos clientes, não só para resolução de problemas, mas também no aconselhamento de modo a fornecerem a melhor solução e o mais personalizada possível. De que forma atuam para assegurar os objetivos dos vossos clientes?

O estar em contacto permanente com os nossos clientes significa ouvir as suas necessidades e adaptar as nossas soluções a essas mesmas necessidades.

Conforme referido anteriormente desenvolvemos modelos e formulários de trabalho adaptados a vários tipos de utilizadores de forma a que o trabalho de campo seja mais rápido e eficiente.

Temos um serviço de suporte e atendimento técnico permanente pós-venda assim como manuais de utilização e guias rápidos elaborados pela nossa equipa técnica e ainda um canal de Youtube com vários vídeos e tutoriais.

Um dos objetivos centrais da TerraGes é tornar a utilização dos nossos equipamentos uma experiência profissionalmente enriquecedora e sermos reconhecidos como uma empresa que se preocupa genuinamente em formar técnicos e providenciar um apoio técnico de excelência.

Estão especializados no fornecimento das mais modernas ferramentas e tecnologias de apoio à gestão de recursos naturais, representando algumas das marcas mais prestigiadas a nível mundial. Apesar de Portugal ser um país pequeno, têm apostado em ser a marca representante exclusiva. Como analisam o mercado português? Qual o seu potencial?

Representar a Spectra GeoSpatial – empresa do Grupo Trimble – é uma grande responsabilidade, mas também uma enorme motivação para a nossa equipa.

Possuirmos esta ligação muito forte à Spectra GeoSpatial faz-nos querer elevar as potencialidades dos seus equipamentos e evoluir tecnicamente.

O facto de estarmos em permanente contacto com os nossos clientes e termos este vínculo com a Spectra GeoSpatial permite-nos que o software SIG de Campo seja constantemente melhorado e adaptado e melhorado em virtude dos requisitos dos clientes.

Recentemente fornecemos cerca de 200 recetores GNSS a uma empresa de referência que se dedica à produção de cartografia naquele que cremos ter sido o maior fornecimento de equipamentos para SIG Móvel dos últimos largos anos. Este acontecimento demonstra claramente a necessidade que o mercado possui neste momento em utilizar ferramentas GPS profissionais.

A primeira edição do evento “És SIG”, promovido pela APPSIG, com o tema “O SIG em Portugal“, é já no mês de novembro e a TerraGes vai estar presente. O que podemos esperar desta cerimónia?

A TerraGes irá estar presente neste evento como expositor e teremos à disposição dos visitantes todo o nosso portfolio de soluções GNSS para SIG Móvel.

De entre as soluções que teremos expostas destacamos o equipamento GPS SP20.

O GPS SP20 é um equipamento GNSS de mão, com uma antena interna de 240 Canais, L1/L2 Multi-Constelação (GPS+Glonass+Galileo+Biedou) com vários níveis de precisão (50 Cms a 1 Cm), escalável e totalmente compatível com as mais variadas plataformas SIG de Gabinete.

Também teremos disponível para demonstração o Tablet T10 da Trimble. O T10 é um Tablet Profissional de Elevada Robustez, de 10 Polegadas, com Antena Interna GNSS, Sistema Operativo Windows 10 e com uma excelente performance – Processador Intel® 6th Generation Core™ i7.

Outro equipamento que teremos disponível é o Drone Profissional eBee, utilizado para realização de cartografia aérea – ortofotomapas, mapas NDVI, entre outros.

Aproveitaremos também a oportunidade para estreitar relações com entidades e empresas nossas parceiras assim como dar a conhecer novas soluções a outras que ainda não tivemos oportunidade de conhecer.

Os SIG tornaram-se essenciais no dia-a-dia dos municípios e uma ferramenta de trabalho de consulta fundamental na gestão, interpretação e conhecimento dos territórios municipais. É possível traçar uma evolução desta ferramenta ao longo dos anos?

Houve, sem dúvida, por parte dos Municípios, uma evolução na tecnologia utilizada assim como na precisão da informação georreferenciada.

A democratização dos SIG e das ferramentas de alta precisão permitiu que hoje em dia os Gabinetes Técnicos Florestais, os Serviços de Proteção Civil e os Gabinetes SIG dos Municípios desenvolvam o seu trabalho de forma mais eficiente e fiável.

A rapidez com que o trabalho de campo é desenvolvido e a versatilidade de formato de dados e padronização do sistema de coordenadas que se pretende ser o mesmo em todos os Municípios, tornou todo o trabalho em ambiente SIG mais fácil e no qual a curva de aprendizagem é bastante rápida.

Esta evolução permitiu que os próprios cidadãos tenham um melhor acesso a um volume de informação maior e mais fácil de entender.

A criação de mapas de várias temáticas é o objetivo final que começa com o trabalho de campo com recurso a ferramentas GPS de Alta Precisão, mas que não acaba na criação do próprio mapa pois toda a localização é dinâmica e preciso atualizá-la. Daí é fundamental que o trabalho de campo seja frequentemente revisto e atualizado.

Mais recentemente e em virtude da implementação do sistema de informação cadastral simplificado bem como o Balcão Único do Prédio – BUPI, os SIG e a utilização de equipamentos GPS Profissionais sofreram um novo impulso.

A TerraGes está preparada e totalmente empenhada em continuar a fazer parte desta evolução trabalhando em conjunto com clientes e utilizadores, criando sinergias que permitam tornar a informação geográfica mais precisa, mais completa e mais dinâmica.