A TRILHAR O CAMINHO da evolução diariamente

Paulo Calçada, Administrador da Calçada SA, uma empresa no ramo do polimento de braceletes, caixas de relógio e peças de bijuteria, fala dos seus 30 anos de experiência neste setor, em conversa com a Revista Pontos de Vista.

239

Como e quando surgiu a ideia de se aventurar e criar o seu próprio espaço?

Corria o ano de 1989, quando surgiu uma oportunidade de emprego na área da relojoaria, que aceitei e confesso que foi “amor à primeira vista”. É apaixonante recebermos uma peça em bruto e trabalhá-la com minuciosidade e dedicação, de forma a torná-la perfeita e bela. Essa paixão, que ainda hoje tem a chama acesa, fez com que eu desenvolvesse rapidamente boas competências. Ao trabalhar a um ritmo alucinante, com dedicação e paixão, comecei a pensar que seria vantajoso lançar-me de forma independente e em 2000 decidi arriscar e dar esse passo e aos poucos, comecei a construir uma rede de clientes de confiança. A rede alargou de tal forma, que em 2000, constituí a Calçada, S.A. e adquiri o meu primeiro espaço, em Le Locle, Suíça, onde instalei a minha primeira fábrica, o que me permitiu alargar a gama de serviços prestados aos meus clientes, que por esta altura já demonstravam a sua confiança no meu trabalho e alimentavam o meu desejo de ver o meu pequeno projeto crescer. Como a Calçada S.A., sempre trabalhou para gamas da alta relojoaria e joalharia e sempre esteve bem conotada no mercado Suíço, o crescimento da empresa foi essencial e fez-se de forma natural, de forma a cumprir os critérios de qualidade exigidos pelo nosso cliente, contando atualmente com 120 colaboradores.

É nesse âmbito de crescimento, de maior procura por parte dos nossos clientes e na confiança que eles colocam na Calçada, S.A., que em 2010, não esquecendo as minhas origens, das quais me orgulho, abri a filial em Louredo, Santa Maria da Feira, Portugal, terra que me viu nascer. Filial essa que, também foi crescendo de forma gradual, contando atualmente com 130 colaboradores.

Que tipo de procedimentos é que foram adotados de forma a difundir os seus altos conhecimentos neste ofício aos seus colaboradores, transmitindo-lhes o sentido de responsabilidade laboral, profissionalismo e competência?

Nesta área, o requisito essencial de qualquer colaborador é a paixão e a dedicação. Pessoalmente, trabalho diariamente para que os meus colaboradores tenham a perceção da responsabilidade desta área profissional e a dimensão dos clientes para as quais a Calçada, S.A. trabalha. Os meus colaboradores são parte integrante da Calçada, S.A. e, enquanto administrador, tento dar melhores condições de trabalho para que eles se sintam bem e cooperem no sucesso da empresa. Enquanto profissional, acompanho-os diariamente na laboração, transmitindo-lhes todos os meus conhecimentos, laborando com eles, se necessário. Foi preciso formar a equipa desde o princípio, incutir-lhes a responsabilidade, a paixão pela área, o nível de exigência, ensinar-lhes os procedimentos a realizar em cada peça, ensiná-los que cada peça é única. Felizmente, consegui formar uma boa equipa, com talento e sobretudo com a paixão necessária e que já é capaz de formar os novos colaboradores.

No presente, a empresa Calçada SA conta já com duas fábricas, mantendo-se a casa mãe na cidade Le Locle – Suíça e uma filial em Louredo- Santa Maria da Feira, Portugal. Quais as diferenças que encontra entre estes dois mercados?

Embora a Calçada, S.A. conte com duas fábricas, ambas trabalham com o mesmo nível de exigência e competência. Na realidade, ambas trabalham quase em exclusivo com mercado externo, portanto não podemos fazer uma análise que distinga os dois mercados. A filial portuguesa surge como forma de oferecer, aos clientes, um custo de mão-de-obra inferior à Suíça, mas com uma qualidade equiparada às peças produzidas na Suíça, uma vez que na fábrica mãe, 90 % dos funcionários são portugueses.

Considera que ambas as fábricas têm todo o know-how necessário para dar a melhor estética final a toda a alta relojoaria?

Sim, considero. Trabalhamos diariamente nesse sentido e a prova disso é o nosso crescimento diário e a confiança que os nossos clientes depositam diariamente na Calçada, S.A.

A Calçada S.A. é especializada na prestação de vários serviços. Quais?

A Calçada, S.A. efetua preparação, polimento, lavagem, gravação, colagem, montagem e muitos outros procedimentos relacionados com o manuseamento de peças de relojoaria e joalharia.

De que forma é que a Calçada S.A. está a preparar-se para acompanhar a constante evolução e exigências de ambos os mercados no futuro?

A Calçada, S.A. trilha o caminho da evolução diariamente. O nosso sucesso não nos permite estagnar. Dia após dia trabalhamos na nossa modernização e evolução industrial. Acompanhamos a evolução industrial de perto, visitando feiras e eventos que nos permitam conhecer as últimas novidades do mercado. De momento, estamos num processo de inovação ascendente, com vários projetos em curso tanto na área digital, como industrial, como da automação e robotização. No que toca à automação e robotização, firmamos parcerias com empresas de renome no mercado, tendo como objetivo a criação e melhoramento de soluções aplicáveis à nossa área, que se coadunam em testes diários e processos de adaptação de maquinaria robótica.