RE/MAX ADQUIRE MILHARES DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PARA GARANTIR VISITAS SEGURAS A IMÓVEIS

A pensar no regresso à sua atividade, mas sempre em modo segurança, a RE/MAX, maior rede imobiliária a operar no país, adquiriu 10.000 viseiras e 150.000 máscaras descartáveis que serão oferecidas a todos os colaboradores da rede.

Data:

Produzidos em Portugal, estes equipamentos de protecção individual visam manter de forma segura o contacto com os clientes nas várias fases do processo de compra, venda ou arrendamento de imóveis e sempre em conformidade com as recomendações da Direção-Geral da Saúde.

Em reuniões presenciais, visitas, idas a escrituras, Contratos-Promessa de Compra e Venda (CPCV), todos os agentes da RE/MAX Portugal colocarão viseiras, podendo complementar com o uso de máscaras. Também caberá aos profissionais entregar a cada cliente um equipamento de proteção individual (uma máscara descartável). Salientar ainda que a RE/MAX Europa, partilha das mesmas linhas de ação e em prol da saúde e bem-estar dos seus clientes e profissionais, avançou com uma grande encomenda de máscaras a um fornecedor português, que serão usadas como medida de proteção no contexto da retoma da atividade profissional.

Para Beatriz Rubio, CEO da RE/MAX Portugal, “com o levantamento gradual das medidas restritivas, que vão permitir a reabertura dos espaços de trabalho dos nossos agentes e a realização de visitas a imóveis, queremos assegurar ao máximo a saúde e segurança dos nossos colaboradores e clientes. Vivemos uma situação sem precedentes, pelo que é nossa responsabilidade adotar todas as precauções necessárias e adequadas a esta nova realidade, fomentando as boas práticas nos ambientes de trabalho.”

A responsável acrescenta ainda que “o facto de termos conseguido que a RE/MAX Europa elegesse uma empresa portuguesa para assegurar a produção de máscaras certificadas é para nós bastante importante. Desde logo, porque vai ajudar uma empresa nacional a impulsionar os seus negócios e ainda demonstra bem que o setor empresarial português continua a mostrar-se resiliente e proativo, sendo um exemplo a nível europeu.”
________________________________________

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 116

Popular

Mais Artigos deste tipo

Ano novo no Porto celebrado ao som de Fernando Daniel e Diogo Piçarra

Os grandes concertos da festa de Passagem de Ano...

Mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

Em linha com este crescimento do comércio online, o...

Mais 70% de clientes ‘Plug&Charge’ e 40 lojas

“Este incremento resulta da abertura de novos pontos em...