Humidade estrutural e o impacto na saúde Murprotec cria fundo de 1,5 milhões de euros para famílias e empresas

A Murprotec criou um fundo de 1,5 milhões de euros para ajudar a solucionar os problemas de humidade estrutural existente nos lares e nas empresas.

597

A qualidade do ar no interior dos espaços tem um impacto direto na saúde dos seus ocupantes, em particular nas populações com comprometimento ao nível do aparelho respiratório.

Os dias da pandemia e confinamento chamaram ainda mais a atenção para a necessidade de cuidar das condições dos espaços interiores, para que contribuam para a proteção e saúde de todos os que neles circulam. Com o objetivo de permitir que a correção dos problemas de humidade estrutural seja possível a um maior número de pessoas, a Murprotec criou uma verba para permitir que estas intervenções possam ser feitas a valores mais acessíveis ou praticamente nulos.

Para puderem beneficiar deste apoio os interessados deverão preencher um formulário disponível no site da empresa, que será posteriormente alvo de uma avaliação caso a caso. Os candidatos selecionados serão posteriormente contactados para uma avaliação técnica.

De acordo com o Diretor-Geral da Murprotec em Espanha e Portugal, Miguel Ángel López, “esta iniciativa enquadra-se no âmbito da política de responsabilidade social assumida pela empresa, com o objetivo de reduzir o impacto da humidade estrutural na saúde das populações. Num momento em que é tão importante estar em casa é fundamental estarem reunidas as condições para que os momentos vividos no lar sejam efetivamente de promoção da saúde”. Tendo em atenção que as intervenções são realizadas no interior dos espaços, o responsável reforça ainda que “assumindo a preocupação com as suas equipas e com toda a população, todas as avaliações e intervenções são feitas com equipamento individual de proteção, minimizando qualquer risco”.