“Na 4ITFUTURE ajudar faz parte da nossa cultura”

Pensamento «fora da caixa». Este bem que podia ser o desígnio da 4ITFuture, uma marca inovadora lusa, que desenvolveu uma tecnologia para ajudar as firmas a retomarem a sua atividade no contexto da covid-19, denominada por 4Quarantine. José Barreiras, Diretor de Marketing da 4ITFuture, esteve à conversa connosco e deu-nos a conhecer as principais valias de um serviço/produto que tem tido uma recetividade de excelência. Saiba mais.

283

No sentido de contextualizar o nosso leitor, quando foi edificada a 4ITFUTURE e como é que a marca tem vindo a contribuir para o mercado no sentido de apresentar soluções inovadoras e práticas e que assumam um cariz importante para os vossos clientes?
Desde 2015 que procuramos desenvolver soluções inovadoras, como temos feito na área de eventos, onde há anos fazemos o credenciamento do Rock in Rio em todo o mundo, Carnaval do Rio e de São Paulo, ModaLisboa etc. Na área das telecomunicações em Portugal e no estrangeiro, é utilizado uma solução nossa para gerir a manutenção e operação de sites (antenas). Para a Suécia, trabalhamos na área da Telemedicina. A Sumol+Compal, CTT, RTP, Efacec etc utilizam a nossa solução de Gestão de Frota. Exportamos 50% da nossa faturação para 8 países.

No contexto Covid-19, a 4ITFUTURE criou a 4Quarantine. Primeiramente, que conceito e solução é esta e de que forma é que a mesma tem tido recetividade por parte do mercado?
Fornecer uma plataforma online mais uma APP que ajude as empresas a informatizar e gerir o plano de contingência, a ter informação em tempo real do estado e condição de trabalho das suas equipas e que promova o regresso ao trabalho de forma mais segura.
Primeiro os Bombeiros e dezenas de empresas estão agora a começar a aderir para assegurarem a continuidade do seu negócio.

De que forma é que esta solução aumenta a segurança no trabalho, evita a propagação da Covid-19 e contribui para a aceleração da recuperação da economia nacional?
A APP permite ao colaborador reportar se tem ou não sintomas e comunicar a sua temperatura, se autorizar por sua livre e expressa vontade a permissão para a sua entidade patronal registar e consultar essa informação. Pode assim, a entidade patronal contribuir para que o colaborador ligue para a linha do SNS, e/ou pedir que assim que chegue à empresa se dirija para a zona de triagem, evitando o contacto e possível contágio. Mais informação, melhor decisão, de modo a proteger os seus colaboradores assegurando a continuidade do negócio, logo a contribuir para a melhoria da economia.
Ambicionamos que as forças de segurança usem a nossa solução gratuitamente, pois assim as credenciais de circulação que a plataforma emite com um QR Code poderão ser lidas pelas autoridades sem tocar no documento e a uma distância de segurança, evitando assim o contágio.

Esta plataforma está direcionada para algum setor de mercado em particular, ou a mesma pode ser aplicada a qualquer modelo de trabalho e negócio?
Esta plataforma é transversal a qualquer modelo de trabalho, de negócio ou instituição.

Um dos setores mais afetados pela pandemia, passa pela restauração. De que forma é que agora os restaurantes podem criar um QR Code para os clientes acederem às ementas online? Que vantagens apresenta esta aplicação para este setor em concreto?
Submetem ficheiros pdf com as ementas, em várias línguas, um único QR Code é criado, mesmo que a ementa mude. Através do smartphone o cliente faz a leitura do QR Code e é lhe mostrada a opção de que ementa deseja consultar e em que língua. Também poderá ver no site e/ou aceder diretamente às redes sociais. Desde 5€/mês, sem custos de instalação e em menos de 15 minutos poderá começar a utilizar a solução. Menos é mais, em que a simplicidade e eficácia definem a nossa solução.

Um dos pontos primordiais da marca e desta inovação passa pela responsabilidade social que tem tido, pois este é um serviço totalmente gratuito para corporações de bombeiros e para lares, privados ou públicos. Porquê a aposta nesta filosofia e quão importante é a mesma para a empresa?
Se não estivermos a contribuir para o bem de alguém seremos apenas negócio e na 4ITFUTURE ajudar faz parte da nossa cultura. Identificámos os bombeiros e lares como entidades que precisam muito de ajuda e fornecer a plataforma sem custos foi uma decisão natural.

Quais os desafios num futuro próximo para a 4Quarantine e de que forma é que esta inovação será fundamental na relação entre empresas, colaboradores e clientes?
Mostrar que não é uma APP de contact tracing e demonstrar às empresas que o novo normal, não passa por ter apenas um plano de contingência no papel ou que até pode estar a ser executado e que depois da pandemia passar tudo volta a ser como antes, pois não será assim. Fornecer uma solução às empresas, colaboradores e clientes que permitam manter hábitos e procedimentos para que em caso de uma nova vaga e/ou outra pandemia estejamos preparados.