Mazars aposta em área de Financial Services Audit

Mazars criou uma equipa exclusivamente dedicada à prestação de serviços de Auditoria e Assurance aos setores da banca, seguros, gestão de ativos e private equity, uma aposta que se insere no desenvolvimento da área de Financial Services Audit que se verifica já desde 2019.

665

Em resultado desta estratégia, reconhecida pelos clientes que atuam neste mercado, foi possível alcançar um crescimento relevante da atividade da Mazars neste setor durante o presente ano, uma tendência positiva que se deverá manter em 2021.

Como explica Fernando Vieira, Partner e Head of Financial Services Audit da Mazars, “iniciada em 2019, a aposta na área de Financial Services Audit encontra-se integrada num plano estratégico a curto-médio prazo da Mazars em Portugal, com destaque para o reforço dos seus recursos técnicos e captação de novos clientes, com vista ao desenvolvimento desta área”.

No seguimento da atividade que vinha já sendo desenvolvida em anos anteriores, a gestão de ativos (por via de fundos mobiliários, imobiliários, de pensões) e private equity (capital de risco) assumem um peso relevante na estrutura dos seus atuais clientes. As credenciais da área de Financial Services Audit da Mazars em Portugal nesta atividade são hoje amplamente reconhecidas pelo mercado, incluindo no seu portfolio algumas das maiores Sociedades Gestoras presentes no mercado Português – BPI Gestão de Ativos, IM Gestão de Ativos, Invest Gestão de Ativos, Dunas Capital – Gestão de Ativos, Imofundos, Novo Banco, Fundbox e Norfin.

Salienta-se também o crescimento assinalável verificado em trabalhos de Auditoria a Instituições de Crédito, onde se incluem entidades reconhecidas, exemplo da Cofidis, S.A (Sucursal em Portugal), Eurofactor Portugal, BNP Paribas Factor e BNP Lease Group (Sucursal em Portugal). Outro sinal relevante de reconhecimento foram as mais recentes nomeações da Mazars Portugal enquanto Revisor Oficial de Contas de dois Bancos: Banco PRIMUS, S.A. e BNI – Banco de Negócios Internacional (Europa), S.A., e ainda de outros clientes relevantes, ligados a grandes Grupos financeiros internacionais, como são a Tagus – Sociedade de Titularização de Créditos, S.A. – Grupo Deutsche Bank e Sagres – Sociedade de Titularização de Créditos, S.A. (anteriormente detida pelo Citigroup), os quais reconheceram na equipa de Financial Services da Mazars as competências necessárias para lhe atribuir a responsabilidade de auditar as suas Contas.

Conforme afirma Fernando Vieira, “a nomeação para ROC do Banco PRIMUS e do Banco BNI (Europa), para o mandato de 2020-2023, representa um novo patamar na atividade de Financial Services da Mazars Portugal, num leque de entidades até aqui território quase exclusivo das “Big Four”. Comprova que a equipa de Financial Services da Mazars Portugal já é reconhecida como um player a ter em consideração neste exigente mercado”.

Prosseguindo o objetivo estratégico definido para esta área, a Mazars Portugal nomeou em setembro de 2020 dois novos Associate Partners – Pedro Jesus e Filipe Carvalho – que vão partilhar a responsabilidade de gestão e crescimento desta área com o atual Head of Financial Services Audit, demonstrando o forte compromisso da Mazars no desenvolvimento desta atividade.