“AGILE THINKERS ACADEMY PODEM AJUDAR A FAZER DIFERENTE, COM FOCO NA PRODUTIVIDADE E ENTREGA”

Empreendedor nato em diversas áreas de negócio, Hugo Lourenço é CEO da Agile21, eXperience Agile e Agile Thinkers Academy. O seu principal foco é compreender as empresas que estão a lutar por melhorar os seus resultados, ajudando-as e apoiando-as nesse processo. O nosso entrevistado garante que hoje, na era da transformação digital, importa que as organizações se tornem mais competitivas, seguras de si e do que têm para oferecer.

339

O Hugo Lourenço é Fundador de diversas empresas como a eXperience Agile®, Agile Human Factors®, World Agility Forum® e Agile Thinkers Academy®. Sendo um empreendedor nato, qual tem vindo a ser o principal desiderato em cada um dos diferentes negócios? O que têm em comum?
O denominador comum destas marcas é a partilha das melhores práticas de Agile. A história do Agile e de como ele surgiu, é amplamente conhecida, contudo e é hoje, transversal a todo o tipo de empresas e não somente às da área da tecnologia.
A eXperience Agile é a quarta maior conferência do mundo dedicada ao Agile, e foca-se em entregar valor aos executivos e gestores sobre Agilidade, aplicabilidade das técnicas aos negócios.
O World Agility Forum, é um fórum de discussão dedicado aos decisores e executivos de topo, abordando diferentes perspetivas de inovação. Integra a cerimónia de prémios de reconhecimento das organizações de todo o mundo, pelo seu esforço na aplicabilidade da Agilidade.
Como as empresas são feitas de pessoas, a Agile Human Factors assume-se como uma conferência centrada no ser humano e no trabalho em equipa, antes das estruturas e métodos. São abordados temas como a formação de equipas de alto desempenho, com apoio e partilha de experiência das três forças militares de Portugal: Força Aérea, Exército e Marinha.
Para ajudar a aumentar o talento dos colaboradores das organizações e a alavancar carreiras com base em novas formas de trabalhar, surge a Agile Thinkers Academy. É uma academia de formação online, preparada para treinar indivíduos e equipas em organizações, com os conhecimentos teóricos e práticos do Agile.

Abordando a The Agile Thinkers®, sendo uma marca de consultoria e coaching, tem como lema “Melhorar através das pessoas e Novas formas de trabalhar”. Assim, no que consiste exatamente e o que tem vindo a ser concretizado neste sentido?
Abordamos sistemas complexos e os seus agentes. Fazendo um paralelismo com o sistema do corpo humano, a presenças de determinados genes, indicam que existe uma forte probabilidade do indivíduo desenvolver a diabetes ou cancro. Mas, o estilo de vida tem aqui também um papel preponderante para aumentar ou diminuir o risco de a doença surgir. O nosso papel é, usando as práticas Agile, ser um agregador das equipas, dos grupos e dos indivíduos, onde tanto a estrutura como a cultura organizacional, são, como os genes e o estilo de vida, uma parte crucial na equação para atingir o sucesso.

Em 2014, a The Agile Thinkers® começou a organizar a ScrumDay Portugal, que evoluiu posteriormente para a eXperience Agile® – a primeira conferência que reúne em Lisboa anualmente os mais conceituados parceiros Agile em todo o mundo. Qual é o intuito que envolve esta organização?
A Scrumday Portugal evoluiu para a eXperience Agile de forma a abordar as diferentes práticas e frameworks que suportam a mentalidade Agile, numa perspetiva mais alargada e transversal a todas as áreas do negócio, com o objetivo de motivo ajudar o tecido empresarial português a ganhar escala no mercado global.
É apoiada pelas principais organizações do sector – Scrum Alliance, a Agile Alliance e a Scaled Agile – e constitui um espaço de debate e partilha de conhecimentos entre a comunidade de profissionais Tecnologia Emergente, Executivos, Scrum, Lean, DevOps na era do Agile.

Além disso, está ainda à frente da Agile Thinkers® – uma marca que acredita que os produtos e serviços das empresas se focam necessariamente no propósito de melhorar a vida das pessoas. De que forma aperfeiçoam esta mesma finalidade, através do conhecimento, empatia, inspiração e dedicação (características (re)conhecidas na v/ metodologia de trabalho)? Que estratégias foram desenhadas neste domínio?
A prioridade do Agile são os modelos de negócios disruptivos para satisfazer a necessidade dos consumidores. No caminho para a criação dos produtos estão as pessoas das organizações como agentes integrantes do processo criativo. É de suma importância envolver, todos os departamentos neste processo para o desenvolvimento das equipas mitigando a distância entre as decisões de topo e as bases da organização. Num mundo cada vez mais volátil e ambíguo, preenchido de desafios mais exigentes para as empresas e para as pessoas, a Agile Thinkers Academy concebeu três programas de aprendizagem que visam implementar a mentalidade e as práticas Agile de forma eficaz, que embebem o foco no cliente, nas pessoas e no propósito.

De que forma – e com a referida inovação das metodologias de trabalho – as diferentes marcas se preparam para um futuro que é sempre imprevisível?
Na questão de como podemos gerir um mundo complexo ou caótico ou lidar com a imprevisibilidade, surgem questões tão práticas como: quais os perfis das pessoas, quais competências e melhores ferramentas para estarmos preparados?
A qualidade do produto, a satisfação do consumidor e a velocidade da inovação são fatores interdependentes, não vivem uns sem os outros. Como tal, as marcas têm de fazer uma mudança para o conceito de Enterprise Business Agility: adaptar-se rapidamente às mudanças do mercado – internamente e externamente liderando a mudança de uma forma sustentável e rentável, sem comprometer a entrega continua do produto.

Num mundo onde se vive a complexidade de uma pandemia que se instalou sem avisar, tem sido fácil moldar mentalidades – algo que a Agile Thinkers Academy® se propõe diariamente?
Ainda é necessário despertar as organizações para que olhem para as suas áreas de suporte com uma mentalidade Agile sob o racional: dado o nosso cenário e os nossos desafios, como nos devemos organizar para funcionar? Perante a incerteza, muitos optam pelas soluções mais simples de redução de preços ou melhoria contínua para se manterem competitivos no mercado. A agilidade estratégica tem por objetivo melhorar os modelos existentes, mas pensar mercados novos. É aqui, nesta dinâmica, que a Agile Thinkers e a Agile Thinkers Academy podem ajudar a fazer diferente, com foco na produtividade e entrega.

Que outros projetos estão a ser desenhados para dar continuidade à cronologia de sucesso da The Agile Thinkers®O que nos pode contar?
Reforçamos as parcerias com entidades nos EUA, ampliando o currículo de oferta de conteúdos e com maior diversidade, a serem disponibilizados em março e abril. Estão a decorrer webinars mensais que decorrerão até setembro, mês da conferência XA.
Lideramos um grupo exclusivo e restrito a líderes de transformação digital e organizacional – Business Agility Institute – Portugal Chapter, que tem iniciativas alinhadas com o Enterprise Agility.
Primamos pela verticalidade na entrega de resultados, com base no conhecimento e experiência que adquirimos ao longo destes anos. O Agile não é uma solução milagrosa que resolve todos os problemas ou, que da noite para o dia, transforma uma organização.
Estão abertas as candidaturas aos Awards do World Agility Forum e lançamos aqui um repto: empresas Portuguesas, candidatem-se. Contem a vossa história no caminho da transformação que pode ser de sucesso, ou não. É a vossa história. E se não foi de sucesso, estaremos aqui para vos ajudar no caminho.