SOMOS TOP EMPLOYER: PORQUÊ?

Em 2020, a palavra “porquê” (why) foi das mais pesquisadas de sempre mundialmente no Google. Enquanto pessoas está na nossa natureza querermos saber as razões, perceber o porquê por detrás das coisas que acontecem, das decisões que são tomadas. Está na nossa natureza e é nosso direito, quando possível (às vezes as razões da natureza estão fora do nosso alcance de conhecimento).

410

OPINIÃO DE CARLOS RIBEIRO, DIRETOR GERAL DA TAKEDA PORTUGAL

Sabemos que o “porquê” é importante em todas as dimensões da nossa vida, e aparece-nos diariamente porta adentro nas notícias que lemos, em que os jornalistas tentam responder às seis perguntas fundamentais (quem, onde, quando, como, porquê e para quê), e também nos entra em casa diariamente para quem tem filhos, netos, sobrinhos, crianças em casa. Quem nunca ouviu um “porquê” – ou vários e em repetição – da boca de uma criança, à procura de uma resposta, explicação ou argumento?
O “porquê” está também presente diariamente nas nossas vidas profissionais. Quem nunca se perguntou sobre o motivo de fazer o que faz, o seu propósito. Quem nunca se questionou sobre o porquê de uma decisão de gestão.
Há imperativos que nos guiam enquanto pessoas: sermos todos os dias melhores e deixarmos um legado melhor do que encontramos para os que nos vão suceder, filhos, netos, bisnetos, mas há também imperativos que nos moldam e ajudam na tomada de decisões diárias. O porquê ajuda-nos seguramente a decidir sobre esses imperativos.
Na Takeda chegamos à base da nossa filosofia corporativa, ao colocarmo-nos muitas questões: quem somos, o que fazemos, como o fazemos, e porquê que o fazemos. E, desta forma, estabelecemos o propósito que nos guia enquanto companhia e enquanto colaboradores. Em estudos realizados sobre felicidade, sabemos que o trabalho que desenvolvemos enquanto colaboradores de uma companhia farmacêutica nos ajudam a sermos mais felizes e trabalharmos com mais empenho: o nosso trabalho tem um significado importante e faz a diferença na vida das pessoas – salva, prolonga e melhora vidas humanas. A Takeda tem uma herança e história de 240 anos focada na procura de soluções que melhoram a saúde e o futuro de quem mais precisa e assente em quatro pilares de decisão PTRB (Patient, Trust, Reputation, Business), e as nossas pessoas vivem estes pilares diariamente, o seu “porquê”.
Se o nosso trabalho base já tem em si esses fatores positivos, enquanto companhia é importante irmos mais longe e é o que temos feito. Além de contribuirmos para esse propósito na vida profissional, é igualmente importante conhecermos as nossas pessoas e sabermos reconhecê-las e apreciá-las. Percebermos qual o estado de energia em que estão e o que podemos manter, mudar ou introduzir para irmos ao encontro das suas necessidades: psicológicas, de saúde, gestão de tempo, formação ou condições de vida. Aqui, há inúmeros fatores em que temos trabalhado: bom ambiente, equilíbrio trabalho/família/pessoa, políticas de desenvolvimento profissional e progressão na carreira, ambiente motivador e de reconhecimento do trabalho, contribuição na definição da função e dos seus objetivos e reforço de atividades de integração e pertença, mesmo que de forma online ou à distância, como o ano de 2020 nos exigiu.
Ser nomeada Top Employer, pelo segundo ano consecutivo, reconheceu este esforço da Takeda Portugal, em melhorar, continuamente, as nossas práticas de Recursos Humanos, para termos as nossas pessoas felizes, motivadas e em contínuo desenvolvimento das suas potencialidades.
Por isso, quando nos perguntamos qual o motivo – o porquê – de termos ganho esta certificação, as razões são várias e indicam-nos que estamos no bom caminho pelas nossas pessoas, pelos nossos doentes, pelos nossos parceiros, pois mesmo na adverisdade de uma pandemia global, mantivemos o foco nas pessoas e o resultado foi sermos reconhecidos como Top Employer.