“A ESTRATÉGIA DA NORMAX PRETENDE O RECONHECIMENTO GLOBAL”

Reconhecida mundialmente, a Normax – Fábrica de Vidros Científicos, apresenta-se no mercado com poderosas componentes de inovação e qualidade, caraterísticas que a diferenciam e a tornam reconhecida no setor. Jorge Casal, Diretor Geral da marca, afirma que, a curto prazo, a estratégia da mesma “assenta na inovação da arte da eficiência”. Saiba mais.

52

A Normax é hoje um exemplo claro de uma marca que tem no seu ADN uma dinâmica inovadora e de aposta em conceitos tecnológicos desenvolvidos e de vanguarda. No sentido de contextualizar junto do nosso leitor, de que forma é que a marca tem vindo a assumir uma posição de relevo no mercado em que atua, assumindo níveis de satisfação elevados por parte de cliente?
A Normax é um fabricante de vidro laboratorial reconhecido mundialmente que, estrategicamente, está a implementar uma alteração de imagem para ser reconhecido como um fornecedor global de material de laboratório e hospitalar. Este conceito está sustentado num plano de inovação centrado nos processos produtivos e logísticos. Os nossos clientes reconhecem a qualidade do produto Normax, a inovação dos processos é fundamental para manter e aumentar a fidelização existente, a toda a gama de distribuição.

A Normax apresenta-se como um fabricante multifacetado no universo da vidraria para laboratório, quer a partir das suas linhas automáticas de transformação de vidro, quer através do fabrico manual. Desta forma, quão fundamental tem sido a vertente da Inovação no sucesso da marca e no reconhecimento do mercado?
Os produtos e mercados onde a Normax atua, são extremamente normalizados e regulados, o reconhecimento da marca pelo mercado está em grande parte relacionado com a nossa capacidade de cumprir com os requisitos normalizados. Os sistemas de inovação nas linhas automáticas incidem mais sobre o processo, enquanto no fabrico personalizado, a inovação e desenvolvimento incidem muito mais sobre o produto. Esta estratégia permite que o mercado reconheça a Normax como fiável no produto de catálogo e capaz nos produtos personalizados. Mais uma vez a estratégia da Normax pretende o reconhecimento global.

De que forma é que existe uma preocupação recorrente da marca em aliar a Inovação à Qualidade? É legítimo afirmar que esses são os dois grandes focos da marca?
Quando, praticamente todos os produtos da Normax são normalizados e obrigados a cumprir os requisitos definidos, a Qualidade está enraizada em todas as atividades, aliás, o sistema de gestão da Qualidade está implementado há mais de 20 anos. Tal como referido anteriormente, a estratégia atual está mais focada na Inovação de processos, por isso, nem há distinção entre Inovação e Qualidade, todos os projetos são naturalmente assumidos com estes dois conceitos incorporados.

Para que sejam alcançados produtos de excelência e inovadores, quão fundamental tem sido a vertente da investigação e criação no seio da marca? É essencial compreender a ligação entre, por exemplo, o design do produto e do seu custo de produção?
Quando analisamos o vidro laboratorial, na maioria dos casos, não existe qualquer valor sentimental sobre o mesmo, é uma commodity, nesse sentido a dependência entre o design e os custos de produção são importantíssimos.
Apesar de não ser o core business da Normax, ao longo do tempo, temos estabelecido parcerias com vários designers que pretendem incorporar componentes de vidro nas suas coleções. Paralelamente, há um nicho de mercado onde a Normax tem apostado e é reconhecida como fabricante inovador de componentes de vidro para incorporação em candeeiros de assinatura. Nestes dois segmentos, a inovação ao nível do design está muito menos limitada, pois os custos de produção têm uma maior possibilidade de serem transpostos para o valor do produto.

O que podemos continuar a esperar da Normax de futuro e quais são os principais desafios, ao nível da inovação, que podemos esperar da mesma?
Nos próximos tempos os grandes desafios identificados pela Normax, são ao nível da inovação tecnológica, estamos a fazer alterações tecnológicas profundas com a incorporação da visão artificial e da robótica colaborativa. Esta visão será complementada com a inovação logística, pois a Normax acredita que a logística cada vez mais será um fator diferenciador.Podemos afirmar que a estratégia de curto prazo na Normax assenta na inovação da arte da eficiência.