Como aumentar a produtividade e reduzir custos na Indústria

Aumentar a produtividade e reduzir custos é, em traços simples, o Santo Graal de qualquer empresa, de qualquer setor, mas ainda mais no setor industrial onde a perda de ineficiências está muitas vezes nos diversos elos da cadeia de produção.

323

Apesar de parecer uma panaceia a existência de uma solução que proporcione estas duas condições em simultâneo, a verdade é que os avanços na tecnologia levaram ao desenvolvimento de um software que consegue cumprir com sucesso estes dois desafios.
À semelhança do que a mecanização do trabalho fez pela produtividade no final do século XIX, os softwares de gestão industrial, nomeadamente o MES – Manufacturing Execution System, são hoje os grandes impulsionadores da produtividade e da eficiência, sendo considerados mesmo ferramentas críticas para lidar com os desafios típicos da Indústria 4.0.
A “slow industry” é coisa do passado. No mundo atual, a rapidez do acesso à informação em tempo real, de modo a se poder agir rápida e eficazmente, sem comprometer a qualidade de toda a produção e o cumprimento das normas relativas a esta área, é vital para que a empresa possa ser competitiva e prosperar.
É aqui que entra o papel do software de gestão industrial MES no aumento de produtividade e na redução de custos. Como? É o que veremos já de seguida.

Aumento da Produtividade

A partir do momento em que uma empresa adota um software de gestão industrial MES, passa a ser-lhe possível controlar todos os processos envolvidos na produção, desde o momento da receção da matéria-prima até ao produto final.
Para além disto, a utilização do MES no campo da automatização aplicada às máquinas permite ciclos de produção mais rápidos e eficientes, contribuindo para a maior produtividade da empresa e a uma redução dos erros associados à manipulação humana, uma vez que grande parte da informação passa a ser gerada de modo automático.
Outro dos elementos do MES relacionados com a produtividade é o maior controlo da qualidade.
Ao assegurar a rastreabilidade total de toda a cadeia de produção, ao reduzir os erros de produção e ao suportar os principais sistemas de qualidade (HACCP, ISO9000, FSSC22000, BRC, IFS) sem recurso a papel, a utilização de um software de gestão industrial garante uma maior qualidade do produto final e, como tal, a diminuição do desperdício, entrando assim já na área da redução de custos.
Com o MES ganha, ainda, a capacidade de adotar uma produção rápida e personalizada em função das necessidades e gostos dos clientes (sem pôr em causa a rentabilidade) e de integrar, no sistema central de gestão da empresa, dados de equipamentos, máquinas e pessoas, uma vez que esta é uma tecnologia extensível, aberta, parametrizável e customizável.

Redução de custos

Toda a otimização da cadeia de produção e entrega acaba, assim, por resultar numa redução de custos, uma vez que a utilização de um MES permite, entre outras coisas, , aumentar a capacidade de produção instalada, otimizar a capacidade de carga de máquinas e equipamentos,  garantir rigor no processo de aprovisionamento através de mecanismos de cálculo automático de necessidades e evitar roturas de stock e desperdícios de material, melhorar a qualidade da produção e agilizar a preparação das entregas.
A somar a isto, a eliminação da necessidade da utilização do papel no controlo da produção, uma vez que o MES assegura total rastreabilidade paper free, proporciona, de acordo com a MESA International, uma melhoria média anual de 22,5% no Custo Total por Unidade Produzida.

MES: uma solução 360º que promove uma gestão inteligente da produção

Se, no curto-prazo, a utilização de um software MES vai permitir uma melhoria da eficiência do processo produtivo e a consequente redução de custos, a médio longo-prazo, a empresa vai perceber um aumento significativo da produção, a melhoria da qualidade, um maior alinhamento com as necessidades dos seus clientes e uma maior flexibilidade em toda a organização.
Tomemos por exemplo o software MES da PRIMAVERA BSS. De forma resumida, esta solução 360º providencia às organizações:

  • Centralização da informação: garante um controlo rigoroso e centralizado dos dados sobre as várias áreas da empresa e permite o acesso à informação consolidada e atualizada em tempo real.
  • Visão macro do negócio: proporciona aos diferentes perfis de gestão acesso a uma única fonte de informação que sustenta as decisões e garante alinhamento nos vários departamentos.
  • Automação e inteligência: integra todos os componentes da empresa numa única peça central a partir da qual os gestores podem gerir o negócio e lançá-lo na era da automação, da inteligência, da realidade aumentada, da IOT e da sensorização.
  • Apoio à decisão: permite o acesso, em tempo real, a um vasto conjunto de dashboards, mapas, análises e relatórios de gestão com resultados sobre as diversas áreas da empresa, garantindo a rapidez e segurança na tomada de decisões.
  • Acesso em qualquer lugar: a solução dispõe de interfaces web que integram com diferentes plataformas e aplicações, para levam a informação a, virtualmente, qualquer lugar do planeta onde esteja a ser necessária.