“A Sustentabilidade está, e estará nos anos vindouros, no Centro do debate do setor Segurador”

O empenho, a qualidade e o envolvimento, aliados à inovação, são fatores cruciais que têm marcado o percurso da CA Seguros desde 1994. Mas não só: o compromisso com a sustentabilidade é hoje, mais do que nunca, um foco imprescindível a atuar na sua atividade diária. Neste sentido, Teresa Barreira, Administradora da CA Seguros, aborda em entrevista, de que forma a atividade seguradora vai revelar a sua capacidade de adaptação, tendo um papel protagonista na mudança para um mercado, país e mundo mais sustentável.

438

Desde 1994, a CA Seguros é a Seguradora Não Vida do Grupo Crédito Agrícola, que garante a segurança e proteção aos seus Associados e Clientes. Como nos pode descrever a evolução da marca ao longo destes 27 anos de atividade?
Ao longo destes 27 anos de atividade, a CA Seguros tem realizado um percurso de crescimento, de solidez, de qualidade e de afirmação no mercado. Tem sido uma evolução pautada por uma atenta e equilibrada gestão dos riscos que aceitamos e por uma grande proximidade às Caixas Agrícolas. Também privilegiamos muito o serviço que prestamos ao Cliente, quer no momento da contratação do seguro quer quando ocorre um sinistro, sendo este o momento em que é sentida e valorizada a qualidade da nossa prestação.

Apresentando uma gama vasta e completa de produtos para proteção de particulares, empresários e empresas, a CA Seguros conta com mais de 400 mil Clientes, através de cerca de 750 mil apólices em vigor. Que soluções de seguros – adequadas às necessidades de cada um – são aqui disponibilizadas? O que as torna distintas no mercado?
O portfólio de produtos da CA Seguros é muito completo e visa responder às mais diversas necessidades dos nossos Clientes. Desde o seguro que visa proteger a saúde, a casa, ou o automóvel até aos seguros agrícolas ou acidentes temos, efetivamente, uma resposta para as diferentes fases da vida pessoal ou empresarial. Um fator distintivo é a relação de proximidade com os Associados e Clientes e com as Caixas Agrícolas que são a nossa rede de distribuição. O Crédito Agrícola valoriza as comunidades locais e tem uma rede de mais de 600 Agências em todo o país que opera com base no conhecimento pessoal e na confiança. Estamos também muito focados na qualidade do serviço e a certificação da norma ISO 9001 alavanca a orientação para a excelência. Também a nossa política de subscrição assenta numa gestão sã e prudente dos riscos visando garantir uma carteira equilibrada.

Com os olhos postos nos desafios do futuro, a CA Seguros tem em curso inovações que permitirão tirar partido da tecnologia e das comunicações. De que forma esta aposta na inovação tem facilitado e organizado o trabalho, bem como melhorado a qualidade do serviço em prol dos seus Clientes?
Na CA Seguros valorizamos e reconhecemos a inovação, perspetivando-a como um investimento. Além de todos os Colaboradores poderem contribuir com novas ideias, dispomos de um Gabinete específico – Gabinete de Resseguro e Inovação – que procura eventos indutores de inovação e incorpora-a, não só nos produtos e serviços que oferecemos, mas também nos processos e no modelo de negócio. Os nossos Clientes beneficiam de várias formas de integração da inovação. Por exemplo, através da funcionalidade eSign têm ao seu dispor uma forma simples, rápida, segura e sem papel, de contratar o seguro que precisam sem necessitarem de se deslocar presencialmente a uma Agência. Outro exemplo é a App CA Seguros com diversas funcionalidades, incluindo a possibilidade de subscrever seguros novos, consultar a carteira em vigor, participar sinistros e solicitar assistência. Não poderia deixar de referir a solução CA Best Driver, que lançámos em outubro, e que alia o seguro automóvel à prevenção rodoviária. Os segurados que apresentem um estilo de condução mais seguro e que adiram à solução CA Best Driver, poderão beneficiar da devolução parcial do prémio do seu seguro CA Automóvel, se atingirem pontuações elevadas e se não registarem sinistros durante esse período.

Uma das missões da CA Seguros é ser a Seguradora (Não Vida) em que confiam todos os Associados e Clientes do Crédito Agrícola. Para isso conta com valores como a competência, cumprimento, responsabilidade, transparência e, por fim, sustentabilidade. No que diz respeito à sustentabilidade, em que medida, no presente, se harmonizam aspetos económicos, sociais e ambientais, para os manter no futuro?
Temos como objetivo gerar valor sustentável a longo prazo para os nossos stakeholders: não somente acionistas e Clientes, mas também Colaboradores, reguladores, fornecedores, comunidades locais e a sociedade em geral. Esta criação de valor sustentável alicerça-se em várias dimensões e traduz-se, já há vários anos, em ações e decisões concretas e observáveis no dia a dia. Desde logo, na essência da nossa atividade que oferece proteção contra riscos diversos, de curto e longo prazo, aos quais os Clientes do Crédito Agrícola estão expostos no seu quotidiano, permitindo que vivam o seu dia a dia com mais segurança e que as empresas operem, inovem e se desenvolvam. Com os nossos Colaboradores, privilegiamos relações de trabalho estáveis e duradouras. Prova disso é o facto de, com todos eles, termos vínculo contratual efetivo a tempo incerto. Praticamos uma estratégia de Recursos Humanos de longo prazo, focada no envolvimento, no desenvolvimento das competências e na promoção da saúde e bem-estar.  Sabemos que os recursos ambientais não são ilimitados e adotamos práticas que promovem a redução dos consumos e a eficiência energética. Eliminámos copos de plástico, aplicámos redutores de caudal nas torneiras, reciclámos resíduos e temos adotado veículos híbridos na frota da companhia. E continuamos a transformar os nossos processos, digitalizando-os e desmaterializando-os. Por exemplo, promovemos o envio de documentos contratuais de seguros para a morada electrónica dos segurados, o que contribui igualmente para um melhor ambiente através da redução de desperdício de papel e se traduz num serviço mais cómodo, rápido e seguro para o Cliente.

No setor dos Seguros, cujo negócio é gerir e assumir riscos, de que forma a sustentabilidade se destaca como um aspeto fundamental – e cada vez mais relevante – no cenário atual, onde as empresas são avaliadas pela sua capacidade de adaptação às mudanças?
Acredito que a atividade seguradora vai revelar a sua capacidade de adaptação e que tem um papel protagonista nesta mudança para um desenvolvimento sustentável. Para as atuais e futuras gerações, vai estimular a consciência sobre a exposição aos riscos, vai assumir e gerir uma parcela considerável dos riscos aos quais estão expostos pessoas, empresas e governos e vai financiar a transição para uma economia de baixo impacto no clima.

Sabe-se que o caminho para a sustentabilidade é de longo prazo. Para o mercado dos Seguros, que desafios e oportunidades ficam por ultrapassar e abraçar?
Não restam dúvidas que a sustentabilidade está, e estará nos anos vindouros, no centro do debate do setor segurador. Entre os muitos riscos que se colocam, destaco os riscos relacionados com o clima, designadamente o aumento da severidade de eventos climáticos extremos, como ciclones, tempestades e inundações, a mudança nos padrões de precipitação e as temperaturas médias crescentes. Estes riscos poderão impactar o aumento dos prémios de seguros ou reduzir a disponibilidade de coberturas em locais de elevado risco. Mas o processo de adaptação às mudanças climáticas também traz oportunidades que devem de ser consideradas na construção de um novo paradigma económico. Por exemplo, oportunidades relacionadas com o desenvolvimento e expansão de bens e serviços novos com baixa intensidade em carbono poderão fazer surgir novas soluções de seguros, com mais procura e com ganhos reputacionais.

Tendo um papel preponderante – contando com o seu posicionamento e reconhecimento no mercado –, de que forma a CA Seguros incentiva os seus Associados e Clientes a um comportamento sustentável e responsável através da aquisição de produtos e serviços?
Ao adquirirem produtos e serviços de seguros, os nossos Associados e Clientes estão a adoptar um comportamento que visa a sustentabilidade: reduzem os riscos a que se encontram expostos e protegem-se pessoal e familiarmente, civil e empresarialmente, bem como protegem o seu património. Podemos assim referir que sempre que um Cliente adquirir qualquer dos nossos produtos, está a revelar um comportamento responsável e sustentável, sendo particularmente notória esta dimensão nos produtos de responsabilidade civil (âmbito poluição ou ambiental), no seguro de energias renováveis, nos seguros agrícolas ou nos seguros vocacionados para ciclistas.

Exemplo do quanto a CA Seguros se compromete, diariamente, para exceder as expetativas dos seus Clientes, são os inúmeros prémios consecutivos, nomeadamente o de “Melhor Seguradora Não Vida” ou pela sua distinção enquanto a Seguradora do Ramo Não Vida com o mais elevado nível de satisfação dos Clientes, entre outros. Que significado têm estas conquistas para a história e evolução da marca?
Estes prémios são uma validação da qualidade dos nossos produtos, serviços e práticas de gestão e refletem o nosso compromisso com a qualidade e a melhoria contínua. Reforçam a imagem de solidez económica e financeira e o prestígio da CA Seguros junto dos Associados e Clientes do Crédito Agrícola e do setor segurador. O reconhecimento que estas conquistas trazem tem potenciado uma maior procura das nossas soluções, o que explica o crescimento da carteira e do número de Clientes, e as reduzidas taxas de anulação das apólices. Neste contexto, é importante reconhecer o contributo decisivo das Caixas Agrícolas e dos seus Colaboradores, que intermedeiam a venda dos nossos seguros, aos Clientes do Crédito Agrícola, e lhes asseguram uma elevada qualidade nos serviços prestados, na venda e pós-venda.

A quem dedicaria todos estes prémios, conquistas e marcos importantes da vida da CA Seguros?
Aos nossos Colaboradores e aos Colaboradores da rede de Agências do Crédito Agrícola. Sem dúvida, estes prémios e conquistas são o reflexo de todo o seu empenho, qualidade e envolvimento.

A terminar, enquanto Administradora da CA Seguros, como perspetiva o futuro da marca que lidera e ainda o setor onde se enquadra, tendo em conta as constantes mudanças da sociedade e do mundo?
Perspetivo que a CA Seguros e o mercado segurador em geral, vão adaptar-se às novas tendências, aos novos consumidores, às fortes exigências regulatórias e às necessidades, novas ou já existentes, que os Clientes vão apresentar. Sem dúvida que se colocam muitos e exigentes desafios, mas a gestão da incerteza e do risco faz parte das nossas atividades e o setor tem provas dadas sobre a sua resiliência.