“Gostamos de ser um Exemplo para todas as Mulheres Empreendedoras”

Ao longo desta longa entrevista, pode conhecer «pedacinhos» inspiradores de Rita Martins, Owner da RM Guest House e CFO da Remax Collection Lounge e de Paula Soares, Diretora Comercial também da Remax Collection Lounge. Podemos, desde já, desvendar que ambas são mulheres líderes, empreendedoras e, sobretudo, detentoras de uma atitude forte e determinada. Fruto destas características, nasce a história de sucesso que têm traçado até então. Conheça tudo.

439

Primeiramente interessa-nos conhecer melhor a Rita Martins e a Paula Soares enquanto pessoas, mulheres e profissionais. O que nos podem contar sobre o v/ percurso?
Rita Martins (RM)
Comecei desde cedo ligada à Banca como Gestora Private, sempre envolvida entre mercados financeiros e acompanhamento exclusivo de clientes. Com grandes ambições de liderar negócios próprios, rapidamente desenvolvi o meu negócio sendo hoje CEO da RM The Experiencie, motivada pela paixão de bem receber e na dialetica entre viagens e moda, fez vingar este projeto de construir uma Luxury Boutique Hotel em Setúbal ligada à moda.
Por outro lado e dada a base profissional, a relação entre as empresas que tínhamos construído era inevitável, ocupando o lugar de CFO na Romeu Martins Arquitetos, arquitetura decoração e construção.
Com ADN empresarial, novos desafios estão sempre na minha lista de ambições, assim surge um dos últimos desafios, e ao abrigo de um convite irrecusável, entro para o Grupo Lounge como Broker na Remax Collection Lounge do qual abracei com grande orgulho e com vontade de expandir a marca.
Para mim, trabalho, negócios e fazer crescer o legado empresarial são os grandes motores de crescimento profissional e pessoal. Apesar das ambições profissionais é primordial existir uma boa organização e compromisso entre a vida familiar e profissional. O equilíbrio é muito importante.
Paula Soares (PS) Sou uma comercial nata com mais de 25 anos de experiência comprovada no ramo imobiliário. Possuo competências difíceis de igualar no mercado nacional quer em termos de conhecimento técnico, skills de liderança e de negociação e perceção de mercado. Sou uma gestora de equipas de excelência que prima pela exigência, determinação, engajamento com o cliente, motivação e procura de novos negócios. Mas o que me distingue é a ligação imediata e automática que estabeleço com quem interage comigo, logo desde o primeiro momento e que perdura durante toda a relação pois possuo uma inteligência emocional muito acima da média que utilizo a favor do negócio procurando sempre situações de win-win.

A Remax Collection Lounge tem sido, ao longo dos tempos, um player de prestígio e reconhecimento. Assim, qual tem vindo a ser o elemento chave para esta notoriedade e cronologia de sucesso?
RM e PS
Desde logo a qualidade dos nossos Consultores e Staff. Temos uma Equipa muito forte e bastante conhecedora do mercado, com alguns anos de experiência acumulada. Conseguimos conciliar muito bem os consultores mais veteranos e experientes com os Rookies e o resultado tem sido uma agradável surpresa.
O nosso Staff é outra pedra fundamental no nosso sucesso. É ele o suporte de toda a estrutura e quem permite aos Consultores dedicarem-se exclusivamente à atividade comercial. Temos uma Diretora Comercial/Sales Manager, que apoia toda a Equipa de Agentes de uma forma permanente e constante, uma Responsável pela Área Processual, que permite conjugar toda a Gestão Processual com o acesso ao Crédito por parte dos nossos clientes e por fim uma Coordenadora de Loja que é a nossa cara, é ela que faz a ponte entre todos os Departamentos, Master e Consultores. Faz todo o trabalho administrativo, logístico e organizacional.
Os proprietários e compradores que em nós confiam para mediar, muitas vezes aquele que será o negócio mais importante, mais mediático e sentimental das suas vidas, também têm a sua quota parte de responsabilidade neste nosso percurso de sucesso, eles, juntamente com todas a outras marcas e lojas com quem diariamente partilhamos muitos dos nossos negócios.
Outro elemento chave têm sido as sinergias criadas e aproveitadas com as outras lojas do Grupo RE/MAX Lounge, Grupo ao qual pertence a THE RE/MAX COLLECTION Lounge. Somos um Grupo com quatro lojas. Para além da COLLECTION, existe mais uma loja em Setúbal, outra em Alcochete e por fim no Montijo. Temos junto de nós cerca de 100 dos melhores Consultores/Agentes Imobiliários dos Concelhos em que atuamos, e isso gera imenso negócio e oportunidade de crescimento quer das lojas quer dos próprios Agentes, potenciando a rapidez com que é transacionado um imóvel que nos é entregue em regime de exclusividade pelos nossos clientes proprietários. Alavanca também de forma exponencial a capacidade de ajudar os nossos clientes compradores a encontrar o imóvel dos seus sonhos de forma célere e sem transtornos.
“Last but not least”, a Marca. A Marca RE/MAX que nos apoia e suporta é uma vantagem muito grande. Trata-se de uma marca bastante conhecida dentro e fora de portas, uma Marca respeitada, credível e reconhecida como ser significado de sucesso e êxito garantido para os negócios dos nossos clientes.

Num mundo em constante mudança, as empresas e organizações têm de adaptar os seus serviços às necessidades dos clientes – também elas em transformação diária. Neste sentido, o que se concretiza no seio da Remax Collection Lounge, para acompanhar a sociedade neste processo e, assim, diferenciá-la num mercado altamente competitivo?
RM e PS –
Tivemos de apostar fortemente na formação. Formação para contactar com as novas tecnologias que nos permitem estar ao lado dos nossos Clientes e Equipas, mas também para dotar os nossos Consultores e Staff de todas as ferramentas e processos necessários a denvolverem a sua atividade de forma concorrencial e lucrativa. A Formação é essencial e sem ela estagnamos e não crescemos enquanto profissionais e até mesmo como pessoas. Num mercado altamente competitivo em plena evolução, nada é estático, tudo flui, aquele que escolhe ficar parado, escolhe também regredir. Nós não queremos isso para nós. Estudámos o mercado e não o perdemos de vista. Elegemos um segmento de mercado muito atrativo, o segmento de luxo é o nosso core, não podemos ser tudo para todos. Optámos por nos dedicar a um nicho de mercado e ser especialista nele, em atender melhor que os outros, prestar um serviço de maior qualidade e de cinco estrelas, dedicarmos em exclusivo ao nosso cliente, ser mais que um Agente imobiliário e preencher uma lacuna que existia e que nem todas as marcas estavam atentas. É melhor ser um peixe grande num lago pequeno, que ser um peixe pequeno num lago muito grande.
Depois trata-se de repetir a fórmula que deu certo e cada vez mais rápido. O sucesso torna-se uma repetição de práticas simples, repetidas diariamente de forma disciplinada.

Abordando um tema igualmente importante, o impacto da Covid-19 rapidamente se propagou a todos os setores de atividade, obrigando a uma rápida mudança de práticas. De que forma, a Remax Collection Lounge permaneceu vencedora nesta luta? Que impacto, a mesma, trouxe ao setor imobiliário?
RM e PS –
Efetivamente a Covid-19 obrigou a uma adaptação do negócio.
A THE RE/MAX COLLECTION Lounge, nos últimos dois anos teve, tal como muitas das suas concorrentes, de se adaptar de forma rápida, inovadora e indo ao encontro das necessidades dos nossos clientes e do mercado em geral.
Foi necessário fazer uso das novas tecnologias. Atualmente estes novos softwares permitem fazer reuniões, cara a cara, sem termos que sair de casa ou do escritório, mostrar um imóvel a uma pessoa que está no outro lado do mundo a partir do nosso escritório ou do imóvel angariado, partilhar e aceder a imóveis também eles localizados em zonas distantes das nossas, entre outros. Permitem também ao cliente estar na comodidade do seu lar e virtualmente fazer uma visita ao imóvel que lhe interessa.
No setor imobiliário o impacto da Covid-19, não se fez sentir como se esperava inicialmente. No princípio existia muita dúvida e incerteza. Com o passar dos meses o mercado veio a revelar-se estar maduro e ser de tal forma atrativo que a lei da oferta e procura continuou a funcionar e nós tivemos os nossos dois melhores anos de forma consecutiva. Existiram correções de preços, óbvio, numa fase inicial mas depois de norte a sul os preços, fruto da escassez da oferta gradualmente, foram subindo. Atualmente cremos que chegámos ao topo, ao pico dessa subida. Os preços estabilizaram, a margem de subida já não existe de forma tão acentuada como anteriormente.
De agora em diante será continuar com os mesmo cuidados que mantivemos até aqui, quer em termos de proteção sanitária dos nossos Agentes como dos nossos Clientes. Utilizar todas a medidas de higiene e proteção pessoal sobejamente conhecidas, desinfetar os imóveis após as visitas, os que estão devolutos, nos outros não permitir o toque nos objetos, portas, entre outros, e ainda utilizar proteção de sapatos, máscara e gel. Enfim uma realidade que veio para ficar.

A resiliência e o espírito empreendedor são características inatas. E a prova disso mesmo é ainda a criação da marca RM Guest House: inaugurada em 2016, tornou-se num dos alojamentos mais famosos de Setúbal, tendo ganho vários prémios internacionais. Qual o conceito que aqui emerge e que acentua a sua singularidade?
RM –
A RM Guest House é uma unidade de alojamento inovadora que combina moda, conforto e design. Prima pelo serviço de excelência prestado e pelos detalhes que se sentem desde a chegada até ao último minuto. Uma estadia na RM Guest House é uma experiência completa de sensações e momentos únicos.

O setor imobiliário e o ramo da hotelaria estão, direta ou indiretamente, interligados. Quão legítimo é afirmar que o sucesso da Remax Collection Lounge e do RM Guest House têm uma relação vincada com o conhecimento que possuem em ambas as áreas?
RM –
Ambas são áreas muito delicadas no que concerne à atenção ao detalhe e ao serviço personalizado. Quando um cliente procura uma casa, a exigência é alta e obriga a um acompanhamento grande por parte de qualquer vendedor. O mesmo acontece na RM Guest House, o hóspede RM vem com a sua expetativa elevada e o nosso maior objetivo é superar a mesma. A arte de bem receber é essencial tanto na hotelaria como no ramo imobiliário. Assim, conseguimos alcançar o sucesso nos dois ramos.

Posto isto, é certo que a Rita Martins e a Paula Soares são ambas detentoras de uma força empreendedora, intensa e capaz de mover qualquer ideia pré-concebida de que a mulher não pode ser o que ela quiser – porque pode, efetivamente. Como verificam, atualmente, e tendo em conta a v/ experiência, a questão da igualdade de género e de oportunidades?
RM –
Acreditamos que ser mulher não é de todo um impedimento pra alcançar qualquer posicionamento. Felizmente caminhamos neste sentido e sentimos que cada vez mais a sociedade vê as mulheres tão capazes como os homens. É nisso que nos focamos todos os dias.

Neste sentido, e numa altura em que ainda se debatem as diferenças de oportunidades, quão gratificante é poderem ocupar cargos de liderança e mostrar que o profissionalismo nada tem a ver com género?
RM –
Sendo que acreditamos na igualdade de género, não sentimos necessidade de provar o nosso profissionalismo enquanto mulher. No entanto, é com toda a certeza, muito gratificante o reconhecimento que temos tanto a nível pessoal como profissional. Gostamos de ser um exemplo para todas as mulheres empreendedoras.
PS – Mais do que gratificante é edificante e é em várias vertentes: 1) em termos pessoais, já que pressupõe uma meritocracia eficaz, evidente e estruturante que abre novos horizontes, motiva, premeia e consolida o desempenho profissional em prol do desenvolvimento humano; 2) em termos da equipa, pois funciona como exemplo de boas práticas, de transparência, de progressão de carreira, de captação e desenvolvimento de novo talento e até de fomentar o pensamento aspiracional “fora da caixa”; e 3) socialmente, perante parceiros e clientes, até porque estas líderes são, por excelência, “embaixadoras”, são “modelos”, reveladoras e transportadoras do facho da nossa marca.

O Dia Internacional da Mulher é comemorado, anualmente, a 8 de março. A data tem como objetivo recordar as conquistas das mulheres que, ao longo da história, lutam pelos seus direitos e contra o preconceito. Tendo duas poderosas vozes entre tantas outras mulheres, o que falta ainda conseguirmos para termos uma sociedade igualitária?
PS – Portugal é um país pequeno, tradicional e ainda muito conservador quando comparado com outros países europeus, por exemplo. Acresce a esta realidade que, usando a mesma comparação, Portugal tem poucas pessoas com rendimentos ou posses mais reduzidas, com menos oportunidades. Podemos acreditar que a sociedade portuguesa nada fica atrás de outras sociedades mais ricas, mais populosas, mais socialmente avançadas, mas não basta acreditar. É preciso ter atitude. Uma atitude atenta, alimentada, exigente, proativa, movida por altos valores de comunidade e tolerância mas também de compromisso e responsável.

Todos nós somos movidos por estímulos e objetivos. Enquanto pessoas, mulheres e profissionais, o que as motiva diariamente para que, contra toda e qualquer adversidade, se cumpram todas as ambições?
PS –
O foco nas prioridades bem definidas, a resiliência partilhada para ultrapassar obstáculos, a inteligência emocional para perceber as necessidades do cliente, a sabedoria para encontrar o compromisso em criar valor. Precisamos de demostrar sempre a atitude mais eficaz para prestar um serviço que busca a excelência.

O que diriam a todas as mulheres que, tal como a Rita Martins e a Paula Soares, desejam trilhar um caminho de sucesso?
PS –
Fácil. Que essas mulheres pensem nas que hoje lideram nações como primeiras ministras ou chefes de estado em países como a Suécia, a Finlândia, Singapura, a Tunísia ou a Nova Zelândia. Nunca na história da humanidade tantas mulheres lideraram os destinos de países inteiros. O que separa estas mulheres? E, bem mais importante, o que as une?

Por fim, como perspetivam os próximos meses da Remax Collection Lounge e do RM Guest House? Que novidades e projetos podemos esperar?
RM –
2022 será um ano de novidades e crescimento. A RM Guest House vai aumentar, com uma modalidade de alojamento diferente e adaptada a famílias e longas estadias. Vamos ter também um carro elétrico Ami, disponível para que os hóspedes o possam alugar e conhecer a cidade. Procuramos estar sempre em constante inovação. Assim, o nosso pequeno-almoço servido na Padaria Portuguesa, terá disponível uma aplicação para que os hóspedes possam fazer o pedido no quarto ou onde lhes for mais conveniente.