No âmbito do Mês da Saúde, a Minisom identifica os alimentos que contribuem para uma melhor audição

É sempre difícil resistir a alimentos tentadores, como os bolos da montra da pastelaria ou os chocolates da loja. À primeira vista, fazem palpitar o coração e metem as papilas gustativas a funcionar. Parecem inofensivos, mas será que trazem os benefícios e nutrientes necessários à vida equilibrada?

150

No mês da saúde, a Minisom concentra as atenções na alimentação saudável. Das verduras, às frutas e aos cereais, existem alimentos “secretos” que podem ter um grande impacto na nossa qualidade de vida, mais concretamente os alimentos que ajudam a melhorar e reforçar todo o sistema imunitário, com impacto naturalmente, no aparelho auditivo.

O potássio, responsável pelo equilíbrio das funções do sistema nervoso, é o principal interveniente na proteção da saúde auditiva. A ingestão de fruta (como a banana, damasco e melão), de vegetais (como espinafre, beterraba ou brócolos), de tubérculos (como a batata) ou de lacticínios (como o leite) é essencial para preservar a audição.

A vitamina C, presente nos cítricos, como a laranja ou o limão, fortalece as defesas do organismo e previne o aparecimento de doenças – o ouvido não foge à regra.

No desenvolvimento humano, o principal interveniente é o ácido fólico, conhecido com a vitamina B9. Atua na formação das células do crescimento, portanto, na produção de ADN. Na perda auditiva causada pelo envelhecimento, também aqui o consumo de verduras e de cereais tem um papel fundamental.

Na manutenção da saúde, o zinco é primário. As principais fontes deste mineral são de origem animal, como é o caso das ostras ou camarões. As oleaginosas, ricas em zinco, como as nozes e as castanhadas, são um trunfo no reforço do sistema imunológico, podendo prevenir, por exemplo, otites.

O peixe, pela presença do ómega 3, gordura saudável e anti-inflamatória, tem benefícios cardiovasculares e reduz o desenvolvimento de perda auditiva.

O principal responsável na prevenção da saúde auditiva somos nós. O ser humano tem a capacidade de preservar o corpo e o organismo, com uma alimentação regrada e com um estilo de vida saudável.

Noites bem dormidas, hidratação e ambientes calmos ajudam na diminuição do stress e ansiedade. Uma noite reparadora significa ter um sono de qualidade, com fortalecimento imunológico, libertação de hormônios e ativação da memória.  A hidratação ajuda a dormir bem. Os minerais presentes na água de qualidade fazem parte de um estilo de vida equilibrado.  Para manter o equilíbrio, é essencial estar rodeado de silêncio reparador e sereno. Ajudara a nossa mente, o nosso cérebro e os nossos ouvidos.

Para a recuperação da perda auditiva, a Minisom apresenta soluções, mas apela principalmente a um cuidado atento à saúde dos ouvidos. Em certos casos, pode não existir a emoção de ouvir bem, mas há a certeza da emoção de ouvir melhor.

Procure comer mais:

– Fruta, como banana e damasco

– Vegetais, como espinafres e brócolos

– Peixe, como o salmão

– Alimentos ricos em vitamina C, como a laranja

– Oleaginosas, como castanha e amêndoa

– Cereais

Procure reduzir:

– Chocolate

– Alimentos industrializados

– Carne processada

– Refrigerantes

– Álcool